Fazer questões

Foram encontradas 477 questões

Questões por página: Imprimir
1
Prova: SEBRAE - BA
Ano: 2008    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação e Marketing II
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo

O jornalismo digital passa a ser realizado não só por jornalistas, mas por relações públicas, publicitários, designers e profissionais de marketing.

2
Prova: SEBRAE - BA
Ano: 2008    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação e Marketing II
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo
O surgimento do jornal online divide opiniões, pois muitos acreditam que esse tipo de jornal é a mais profunda alteração do jornal tradicional, enquanto outros afirmam se tratar de uma nova modalidade multimídia de jornalismo e que este deve acabar com o jornal impresso.
3
Ao produzir a informação para os meios digitais, o Jornalista deve considerar os princípios do webwriting. Assinale-os.
4
Webwriting é o conjunto de técnicas que auxiliam na distribuição de conteúdo informativo em ambientes digitais. Sobre as características de webwriting, assinale a alternativa correta. 
5
Prova: Câmara Municipal de Colombo - PR
Ano: 2019    Banca: FAUEL    Cargo: Jornalista
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo

“O crescimento do uso de dados digitais, nos processos de produção de jornalismo, coincide com o barateamento das tecnologias digitais conectadas, com o aumento da capacidade de processamento de dados por máquinas computacionais (servidores, PC’s, notebooks, celulares, tablets, e-books, etc.) e com a criação de sistemas tecnologicamente amigáveis para acesso, manipulação, visualização e distribuição de dados. Em tempos de conexões infinitas entre tecnologias digitais emergentes e práticas jornalísticas, o número de experimentos na área tem aumentado de forma exponencial, estruturando um novo ecossistema informacional. Nesse ambiente, misturam-se apostas oriundas de grandes empresas tradicionais de mídia e incontáveis criações produzidas por startups, formando campos de batalha para conquistar a atenção e consumo informativo da audiência.” (LIMA JR., W. T. Jornalismo hiperlocal e dispositivos móveis. In JERONIMO, P. (org.), 2017, p. 217)

Relacione a primeira coluna com a segunda. 

I– Servidor 
II– PC 
III– Notebook 
IV– Tablet 
V– E-book 

A– Computador de uso doméstico, geralmente não-móvel, composto por monitor, mouse, teclado e torre. 
B– Texto em formato digital que substitui o papel, para ser lido em dispositivos eletrônicos. 
C– Dispositivo com bateria recarregável, em formato de prancheta e com tela tátil, que dispensa o uso de um teclado físico. 
D– Software ou computador, com sistema de computação centralizada e que fornece serviços a uma rede de computadores. 
E– Computador móvel, que pode funcionar ligado à energia elétrica tanto quanto por meio de uma bateria embutida no aparelho. 
6
Prova: Câmara Municipal de Colombo - PR
Ano: 2019    Banca: FAUEL    Cargo: Jornalista
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo
“O crescimento do uso de dados digitais, nos processos de produção de jornalismo, coincide com o barateamento das tecnologias digitais conectadas, com o aumento da capacidade de processamento de dados por máquinas computacionais (servidores, PC’s, notebooks, celulares, tablets, e-books, etc.) e com a criação de sistemas tecnologicamente amigáveis para acesso, manipulação, visualização e distribuição de dados. Em tempos de conexões infinitas entre tecnologias digitais emergentes e práticas jornalísticas, o número de experimentos na área tem aumentado de forma exponencial, estruturando um novo ecossistema informacional. Nesse ambiente, misturam-se apostas oriundas de grandes empresas tradicionais de mídia e incontáveis criações produzidas por startups, formando campos de batalha para conquistar a atenção e consumo informativo da audiência.” (LIMA JR., W. T. Jornalismo hiperlocal e dispositivos móveis. In JERONIMO, P. (org.), 2017, p. 217)

De acordo com o texto dado, é CORRETO afirmar que:

I – Apenas por não serem dispositivos móveis, meios como a televisão e o rádio estão fadados ao desaparecimento, já que não são reformulados diante das novas tecnologias. 
II– Por “sistemas tecnologicamente amigáveis” definem-se plataformas de fácil acesso ao usuário comum, como aplicativos, sites e programas para computadores. 
III– “Ecossistema informacional” é uma metáfora empregada pelo autor para definir a interdependência entre o jornalismo e as tecnologias da informação, sejam estas tradicionais ou inovadoras. 
IV– O autor celebra as “tecnologias digitais emergentes”, como as produzidas por startups, uma vez que elas não tratam o jornalismo como produto de comum, ao contrário das empresas tradicionais. 
7
Prova: Prefeitura Municipal do Cruzeiro do Sul - AC
Ano: 2019    Banca: IBFC    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo
A revolução tecnológica provocou inegáveis impactos na difusão da informação, fazendo surgir novas formas de estruturá-la, como o multimeios e a hipermídia. Conhecê-las é vital para o profissional que pretende atuar nesta área. De acordo com o enunciado, assinale a alternativa correta. 
8
Prova: Prefeitura Municipal de Cruzeiro do Sul - AC
Ano: 2019    Banca: IBFC    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo
A revolução tecnológica provocou inegáveis impactos na difusão da informação, fazendo surgir novas formas de estruturá-la, como o multimeios e a hipermídia. Conhecê-las é vital para o profissional que pretende atuar nesta área. De acordo com o enunciado, assinale a alternativa correta. 
9
Prova: Prefeitura Municipal de Maragogi - AL
Ano: 2019    Banca: IDHTEC    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Webjornalismo
Assinale a alternativa incorreta sobre Webjornalismo. 
10
As tecnologias provocam grandes mudanças na sociedade e a Internet desempenha um importante papel de transformação no jornalismo, tanto no espectro profissional, como cultural (DEUZE, 2003). Especularam-se diversas previsões sobre as alterações que esse advento iria provocar em uma sociedade digital(izada), John Pavlik, por exemplo, apontava um futuro sem meios noticiosos, esperando que softwares fossem capazes de elaborar artigos, automaticamente, a partir de fontes distintas. (JERÓNIMO, 2018). 

Pere Masip recupera essa previsão quando relaciona o que os agregadores de notícias, como Google News tem feito, nos últimos anos. Ramon Salaverría (2010) também questiona se não estamos caminhando para um ciberjornalismo sem jornalistas. Como resposta às necessidades do jornalismo reinventar-se frente à era da convergência, Salaverría apresenta algumas ideias, analise e julgue sua coerência: 

I. Apostar na reportagem pensada para a Internet. 
II. Publicar primeiro, confirmar depois. 
III. Complementar a informação na última hora com conteúdos analíticos. 
IV. Inovar em gêneros e formatos. 
V. Manter a brecha geracional existente nas redações. 
VI. Planejar os processos de convergência entre redação tradicional e digital. 
VII. Ignorar contribuições complementares de usuários. 
VIII. Elaborar livros de estilos para a cibermídia. 
IX. Definir pautas deontológicas para o ciberjornalismo. 
X. Renovar o círculo formativo dos estudos de jornalismo. 

Sobre os itens acima: