Fazer questões

Questões por página: Imprimir
1
Prova: FUNDASUS-MG
Ano: 2015    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Comunicação Pública

A definição do que se compreende por “comunicação de massa” foi e é construída e problematizada ao longo do tempo, dependendo de variantes como produção, reprodução,  distribuição,  alcance, objetivos, finalidades, etc. 

Frente ao modelos (representações) do processo de comunicação pública, assinale a alternativa correta.

No âmbito da comunicação pública, a comunicação política se refere 

Em uma empresa pública, 

A expressão comunicação pública é utilizada com múltiplos significados, dependendo do país, do autor e do contexto. A partir da visão que assume comunicação pública em uma relação direta com cidadania, o Habeas Data, instrumento criado pela Constituição Federal de 1988, é um instrumento importante. O Habeas Data pode ser utilizado para 


Uma das expectativas em relação ao diferencial da comunicação pública está no esforço que se espera dos promotores de notícias (news promotors) em convencer os profissionais dos meios de comunicação mercadológicos (news makers) quanto à noticiabilidade de fatos de interesse público (utilidade), mas não, necessariamente, de interesse do público (curiosidade).

Além das autoridades públicas, também praticam a comunicação pública, cobrando e dando feedback, e dialogando, agentes como os sindicatos, as ONGs, as empresas, os partidos políticos, os movimentos sociais, os grupos étnicos e as igrejas.

A comunicação pública deve privilegiar o interesse público em detrimento do interesse individual ou corporativo e não pode ser considerada sinônimo de comunicação governamental ou de comunicação partidária. 

Inclui-se na categoria de jornalismo público a prática que consiste na cobertura, por alguns jornais, de fatos decorrentes de campanhas públicas das quais eles participem diretamente como organizadores.


Por serem fontes de fé pública, os veículos de comunicação estatais e governamentais dispensam a apuração, pelo usuário, da veracidade das informações disponibilizadas em sítios oficiais na Internet. 

Na América Latina, a busca de autonomia editorial e organizacional em favor do cidadão e de uma comunicação pública, a despeito da tendência natural das correntes políticas pelo uso de entes estatais para fins político-partidários, representou um desafio marcante das televisões públicas.