Fazer questões

Questões por página: Imprimir
1
Prova: EBSERH - UFSM
Ano: 2014    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Teorias da Comunicação

Com base teórica e metodológica na sociologia funcionalista, há quatro funções (papéis) que a comunicação desempenha na totalidade de um sistema social. Assinale a alternativa que NÃO pertence a esta base teórica.

2
Prova: EBSERH - UFSM
Ano: 2014    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Teorias da Comunicação
O gráfico a seguir representa a questão básica da comunicação dentro de uma perspectiva funcionalista. Esta questão foi formulada por


3
Prova: EBSERH - MG
Ano: 2014    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Teorias da Comunicação
Sobre os elementos básicos da comunicação, analise as assertivas a seguir e assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s). 

I. A realidade ou situação onde ela se realiza e sobre a qual há um efeito transformador. 
II. Os interlocutores que dela participam. III. Os conteúdos ou mensagens que elas compartilham.
IV. Os signos que elas utilizam para representá-­ los e os meios que empregam para transmiti-­ los.
4
Prova: EBSERH - MG
Ano: 2014    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Teorias da Comunicação
A expansão das comunicações de massa desvia as energias humanas da participação ativa para transformá-­las em conhecimento passivo. O cidadão interessado e informado pode deleitar-­se com tudo aquilo que sabe, não percebendo que se abstém de decidir e de agir. A grande quantidade de informação pode provocar o que chamamos de

5
Prova: EBSERH - MG
Ano: 2014    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Teorias da Comunicação

Preencha as lacunas e assinale a alternativa correta. A teoria                           dos mass media essencialmente  uma  abordagem  global aos meios  de  comunicação  de  massa  em seu  conjunto.  Acentua-­se  a  explicitação das   exercidas pelo sistema de comunicação de massa. A questão de fundo já não são os efeitos,  mas as                              exercidas pelos MCM na sociedade.

6
Prova: EBSERH - MG
Ano: 2014    Banca: AOCP    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Comunicação Social
Assunto: Teorias da Comunicação
Os meios de comunicação de massa descrevendo e precisando a realidade exterior, apresentam ao público uma lista daquilo sobre o que é necessário ter uma opinião. Com base no que os mass media incluem ou excluem de seu próprio conteúdo. Este pressuposto se refere à hipótese

Leia o trecho abaixo retirado do livro Cibercultura, de Pierre Levy (São Paulo: Editora 34, 1999, p. 237). 

Cada novo sistema de comunicação fabrica seus excluídos. Não havia iletrados antes da invenção da escrita. A impressão e a televisão introduziram a divisão entre aqueles que publicam ou estão na mídia e os outros. Como já observei, estima-se que apenas pouco mais de 20% dos seres humanos possui um telefone. Nenhum desses fatores constitui um argumento sério contra a escrita, a impressão, a televisão ou o telefone. O fato de que haja analfabetos ou pessoas sem telefone não nos leva a condenar a escrita ou as telecomunicações – pelo contrário, somos estimulados a desenvolver a educação primária e a estender as redes telefônicas. Deveria ocorrer o mesmo com o ciberespaço.  

O fator determinante para inclusão digital é 

A hipótese do agendamento (agenda setting) foi elaborada a partir de estudos exploratórios de Maxwell McCombs, sobre como a cobertura da mídia influenciava o que as pessoas de Chapell Hill, no estado da Carolina do Norte, debatiam a respeito

O livro publicado em 1967, que busca explicar a sociedade a partir da relação entre pessoas, mediatizada por imagens, se tornou importante referência para os movimentos estudantis e sindicais que realizaram o chamado “maio de 1968”. 

Trata-se do livro 

Leia o seguinte fragmento sobre a teoria da espiral do silêncio: ...quanto mais uma opinião for dominada ou ilegítima, maior a tendência de que ela não seja manifestada. Imagine a seguinte situação: os meios de comunicação, diante de um escândalo político constroem uma imagem desfavorável de seu protagonista. Essa imagem, imposta pelos meios de comunicação, será dominante no universo social consumidor dos produtos desses meios. Isso não impede que haja, nesse universo, vozes discordantes. Elas serão minoritárias. Haverá, no entanto, uma tendência ao silêncio entre os membros desse grupo minoritário. (BARROS FILHO. Clóvis de. Ética na comunicação. São Paulo: Summus) 

 Os primeiros estudos sobre essa teoria foram realizados por