Fazer questões

Foram encontradas 149 questões

Questões por página: Imprimir
1
Prova: COREN - SP
Ano: 2013    Banca: VUNESP    Cargo: Comunicação
Disciplina: Radiodifusão e Audiovisual
Assunto: História da Radiodifusão
João Jorge Saad morreu, em 1999, deixando um dos maiores conglomerados de comunicação do país, formado por jornais, emissoras de rádio, televisão e mídias dirigidas. Era vendedor viajante quando se casou com a filha do governador Adhemar de Barros que lhe pediu para administrar uma emissora de rádio localizada no centro de São Paulo. Em 1967, fundou a emissora de TV que é cabeça da Rede 

Sobre a história da televisão brasileira, as opções abaixo são verdadeiras, exceto: 

Com relação à televisão no Brasil, é certo afirmar que 

4
Prova: IBGE
Ano: 1999    Banca: IBGE    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Radiodifusão e Audiovisual
Assunto: História da Radiodifusão
O movimento das rádios comunitárias no Brasil começou na década de: 
5
Prova: IBGE
Ano: 1999    Banca: IBGE    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Radiodifusão e Audiovisual
Assunto: História da Radiodifusão

A telenovela brasileira é produto da tradição do: 

O desenvolvimento do rádio brasileiro, antes da década de 1930, foi paralisado por questões técnicas e políticas. Analise as afirmativas seguintes sobre o assunto, e marque a alternativa correta: 

l - Foi um momento de estabilidade, com as revoltas tenentistas e as declarações de sítio. 
Il - Nesse período, o rádio poderia se tornar um aliado veículo de comunicação, de divulgação dos acontecimentos e de propaganda contra o poder estabelecido. 
III - Apesar de manter uma programação ao gosto das elites, as emissoras de rádio tentavam se tornar popular. 
IV - Desde a década de 30 era permitido o minuto político nas rádios, independente de posicionamento político.
7
Prova: MPE-AL
Ano: 2018    Banca: FCC    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Radiodifusão e Audiovisual
Assunto: História da Radiodifusão
Relacione as diversas fases da televisão brasileira, listadas a seguir, ao período em que ocorreram. 

1. Fase Populista 
2. Fase do Desenvolvimento Tecnológico 
3. Fase Elitista 
4. Fase da Globalização e da TV Paga 
5. Fase de Transição e da Expansão Internacional 

( ) 1950 – 1964
( ) 1964 – 1975 
( ) 1975 – 1985 
( ) 1985 – 1990 
( ) 1990 – 2000 

Assinale a opção que indica a relação correta, segundo a ordem apresentada.
8
Prova: Banestes
Ano: 2018    Banca: FGV    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Radiodifusão e Audiovisual
Assunto: História da Radiodifusão
Ao realizar uma pesquisa no setor de microfilmagem de uma biblioteca, um grupo de estudantes se deparou com importantes acontecimentos da história do rádio no Brasil. Em determinada publicação, havia uma reportagem que destacava o papel de Edgar Roquette-Pinto. Como se sabe, ele fundou, com o apoio da Academia Brasileira de Ciências, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. Roquette-Pinto, que era também antropólogo, médico e ensaísta, acreditava no potencial do suporte radiofônico para divulgação de notícias de natureza científica, cultural e educativa. 

A fim de complementar a pesquisa dos estudantes, é possível citar um evento que antecedeu a fundação da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, qual seja: 

O rádio e a publicidade radiofônica viveram seu período dourado entre as décadas de 30 e 60. O investimento publicitário cresceu, as emissoras criaram departamentos comerciais, a redação de anúncios Incorporou os primeiros redatores especializados em publicidade e surgiu no RIO de Janeiro a primeira empresa especializada no controle de emissão de anúncios. 

Considerando a época histórica do rádio descrita no texto julgue os itens subsequentes. 

No início dos anos 30, o êxito do rádio despertou o interesse do governo federal, que baixou legislação regulamentando a difusão de publicidade no rádio.

Nos anos 40, a Colgate-Palmolive, que patrocinava uma novela de muito sucesso na Rádio Nacional, promoveu o primeiro concurso radiofônico do Brasil. As milhares de cartas enviadas criaram um sério problema com o Departamento de Correios e Telégrafos, levando o governo federal a baixar regulamentação específica para concursos radiofônicos.