Fazer questões

Questões por página: Imprimir


Suponha que banners da empresa que produz o produto anunciado no texto sejam colocados na Internet, em sítios esportivos, lincando o uso da Maxi Goiabinha à prática do esporte, e informações adicionais relativas a nutrientes estejam disponíveis no próprio sítio da empresa. Essa ideia publicitária não vingará, por problemas de custos e pela fugacidade das mensagens virtuais, sendo, nesse caso, mais adequados para a fixação de imagem do produto outros tipos convencionais de mídia.


Não obtêm bom resultado de venda os produtos em cujos anúncios foi utilizada linguagem metafórica, como, no trecho acima, o emprego da expressão “secar o rival”, uma vez a linguagem dos tropos, ou a linguagem das figuras, não é adequada para anúncios de produtos comestíveis. 


O anúncio de produto alimentício em caderno de esportes, na mesma página em que se dê ampla coberta da vitória do São Paulo contra o Figueirense, constitui uma paginação fortuita e ocasional.


São anúncios éticos, que compõem a famosa ética elástica dos publicitários, os anúncios de remédios e de alimentos que contêm baixas calorias, dado que sempre há uma ressalva que esclarece que, para uma avaliação completa, o consumidor deve procurar um especialista ou que, dependendo dos resultados, um médico deve ser consultado. Incluem-se nessa categoria de anúncio os de cerveja, que acrescentam ao final a frase: “Se for dirigir, não beba.”. 

Trata-se, na verdade, de uma pseudo-ética. 


O texto do anúncio é verdadeiro, não se verificando exageros nem arroubos argumentativos.


Depreende-se das proposições do anúncio a ratificação da ideia de que a educação é um dever de todos, é do Estado e da sociedade civil.


Considerando que o anúncio mencionado no texto faça parte da mídia interna de uma editora, tenha sido encartado em uma revista dessa editora e tenha sido realizado em parceria com uma universidade, é correto afirmar que esse anúncio é institucional e, portanto, presta satisfações ao mundo dessa editora, aos leitores dessa revista e também a todos aqueles vinculados à universidade parceira.


Para desenvolver o seu trabalho de forma eficiente, o redator publicitário deve dominar amplamente a forma da comunicação persuasiva, sendo, no entanto, dispensável o seu domínio da lógica que comanda o jornalismo, ou seja, uma lógica crítica.


Na perspectiva apresentada no texto, tanto a Sasha, filha de Xuxa, loura e de olhos azuis, quanto a Sasha, filha do presidente Obama, atuarão em políticas similares na mídia, obedecendo-se ao politicamente correto.


No Japão e na China, houve um período em que os modelos publicitários eram escolhidos principalmente entre os tipos ocidentais. No mundo globalizado de hoje, as empresas escolhem modelos publicitários representantes de todas as raças, porque as culturas locais perderam o prestígio.