Fazer questões

Foram encontradas 939 questões

Questões por página: Imprimir
1
Prova: SEBRAE - BA
Ano: 2008    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação e Marketing II
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Internet e Intranet

A Internet possibilita que as informações sejam coletadas de forma mais rápida e disponibilizadas mais democraticamente para todos os membros de uma instituição. 

2
Prova: EMDEC
Ano: 2019    Banca: IBFC    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Multimídia e Redes Sociais
Serviço de microblogging gratuito que permite aos usuários enviar e compartilhar textos curtos de até 280 caracteres. Há também ferramentas para enviar documentos grandes, fotos, vídeos, áudio etc. Estes novos conteúdos, adicionados por uma URL curta, são exibidos na página do perfil do usuário e enviados imediatamente para os usuários que escolheram recebê-los. Com base no enunciado, assinale a alternativa correta. 
3
Prova: EMDEC
Ano: 2019    Banca: IBFC    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Multimídia e Redes Sociais
Segundo Tori e Bueno (1998), este termo relaciona as diferentes mídias, como textos, imagens, sons etc. de forma não sequencial, estimulando diferentes inteligências e estilos de aprendizagem. Sobre este, assinale a alternativa correta. 
4
Prova: EMDEC
Ano: 2019    Banca: IBFC    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Arquitetura da Informação
Mike Ward (2002) classifica os conteúdos existentes em um Website em quatro tipos principais: estático, dinâmico, funcional e interativo. A esse respeito, assinale a alternativa incorreta. 
5
Prova: Câmara Municipal de Colombo - PR
Ano: 2019    Banca: FAUEL    Cargo: Jornalista
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: TV Digital
Leia a seguir a coluna de Flávio Ricco, publicado no portal UOL em 04/09/2019. 

 “Levantamento realizado pela coluna aponta que a digitalização já atingiu 130 milhões de brasileiros em mais de 1.300 grandes cidades das 62 principais regiões do país. Agora faltam perto de 4.000 municípios menores e mais complexos economicamente.
Muitos deles recebem os sinais de TV através de torres, construídas pelas prefeituras. 
Para o digital, existe a possibilidade de várias emissoras compartilharem a mesma torre e um transmissor único para 4 ou 6 sinais. A questão é que não há recursos para esse investimento, e a lei de responsabilidade fiscal limita a ação das prefeituras. 
Diferentemente do passado, não é mais permitida a colocação de dinheiro público em torres de televisão. A proposta da radiodifusão é usar parte do R$ 1 bi que sobrou da primeira etapa para financiar a conversão no restante do país. Mas o processo está parado. O próprio governo já fala em destinar uma parcela desse valor para o programa de ampliação da internet na Amazônia. 
O fato é que, diante do colocado, a implantação do digital está momentaneamente paralisada. E não há qualquer informação de quando e em quais condições será restabelecida.” 

De acordo com o texto dado, é CORRETO afirmar que: 

I– A ampliação da TV digital está paralisada porque o Governo pretende destinar a verba da radiofusão na ampliação da internet na Região Norte. 
II– Mais de dez anos depois da primeira transmissão oficial de televisão digital no Brasil, o País ainda passa por obstáculos em implantar o sistema em regiões consideradas remotas e de pouca visibilidade econômica. 
III– A Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe uso de recursos municipais na ampliação do sistema digital de radiofusão porque a ação é de responsabilidade do Governo Federal. 
6
No ano de _____, a internet começou a ser instalada nas principais universidades brasileiras. Não existe interface gráfica: o monitor é monocromático, com tela preta e letras em verde. Assinale a alternativa que preencha corretamente a lacuna. 
7
Prova: Câmara Municipal de Colombo - PR
Ano: 2019    Banca: FAUEL    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: TV Digital
Leia a seguir a coluna de Flávio Ricco, publicado no portal UOL em 04/09/2019. 

 “Levantamento realizado pela coluna aponta que a digitalização já atingiu 130 milhões de brasileiros em mais de 1.300 grandes cidades das 62 principais regiões do país. Agora faltam perto de 4.000 municípios menores e mais complexos economicamente. Muitos deles recebem os sinais de TV através de torres, construídas pelas prefeituras. Para o digital, existe a possibilidade de várias emissoras compartilharem a mesma torre e um transmissor único para 4 ou 6 sinais. A questão é que não há recursos para esse investimento, e a lei de responsabilidade fiscal limita a ação das prefeituras. Diferentemente do passado, não é mais permitida a colocação de dinheiro público em torres de televisão. A proposta da radiodifusão é usar parte do R$ 1 bi que sobrou da primeira etapa para financiar a conversão no restante do país. Mas o processo está parado. O próprio governo já fala em destinar uma parcela desse valor para o programa de ampliação da internet na Amazônia. 
O fato é que, diante do colocado, a implantação do digital está momentaneamente paralisada. E não há qualquer informação de quando e em quais condições será restabelecida.” 

De acordo com o texto dado, é CORRETO afirmar que: 

I– A ampliação da TV digital está paralisada porque o Governo pretende destinar a verba da radiofusão na ampliação da internet na Região Norte. 
II– Mais de dez anos depois da primeira transmissão oficial de televisão digital no Brasil, o País ainda passa por obstáculos em implantar o sistema em regiões consideradas remotas e de pouca visibilidade econômica. 
III– A Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe uso de recursos municipais na ampliação do sistema digital de radiofusão porque a ação é de responsabilidade do Governo Federal.
8
Prova: Câmara Municipal de Colombo - PR
Ano: 2019    Banca: FAUEL    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Multimídia e Redes Sociais
Relacione a primeira coluna com a segunda. 

I– Servidor 
II– PC 
III– Notebook 
IV– Tablet 
V– E-book 

A– Computador de uso doméstico, geralmente não-móvel, composto por monitor, mouse, teclado e torre. 
B– Texto em formato digital que substitui o papel, para ser lido em dispositivos eletrônicos. 
C– Dispositivo com bateria recarregável, em formato de prancheta e com tela tátil, que dispensa o uso de um teclado físico. 
D– Software ou computador, com sistema de computação centralizada e que fornece serviços a uma rede de computadores. 
E– Computador móvel, que pode funcionar ligado à energia elétrica tanto quanto por meio de uma bateria embutida no aparelho. 
9
Prova: Câmara Municipal de Colombo - PR
Ano: 2019    Banca: FAUEL    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Multimídia e Redes Sociais
“O crescimento do uso de dados digitais, nos processos de produção de jornalismo, coincide com o barateamento das tecnologias digitais conectadas, com o aumento da capacidade de processamento de dados por máquinas computacionais (servidores, PC’s, notebooks, celulares, tablets, e-books, etc.) e com a criação de sistemas tecnologicamente amigáveis para acesso, manipulação, visualização e distribuição de dados. Em tempos de conexões infinitas entre tecnologias digitais emergentes e práticas jornalísticas, o número de experimentos na área tem aumentado de forma exponencial, estruturando um novo ecossistema informacional. Nesse ambiente, misturam-se apostas oriundas de grandes empresas tradicionais de mídia e incontáveis criações produzidas por startups, formando campos de batalha para conquistar a atenção e consumo informativo da audiência.” (LIMA JR., W. T. Jornalismo hiperlocal e dispositivos móveis. In JERONIMO, P. (org.), 2017, p. 217)

De acordo com o texto dado, é CORRETO afirmar que:

I – Apenas por não serem dispositivos móveis, meios como a televisão e o rádio estão fadados ao desaparecimento, já que não são reformulados diante das novas tecnologias. 
II– Por “sistemas tecnologicamente amigáveis” definem-se plataformas de fácil acesso ao usuário comum, como aplicativos, sites e programas para computadores. 
III– “Ecossistema informacional” é uma metáfora empregada pelo autor para definir a interdependência entre o jornalismo e as tecnologias da informação, sejam estas tradicionais ou inovadoras. 
IV– O autor celebra as “tecnologias digitais emergentes”, como as produzidas por startups, uma vez que elas não tratam o jornalismo como produto de comum, ao contrário das empresas tradicionais. 
São características gerais das mídias sociais, exceto: 

I. As redes sociais vêm transformando a forma que os consumidores recebem informação. Elas têm aumentado, cada vez mais, as formas de escolha para acessar diferentes tipos de notícias, desde acontecimentos recentes a fofocas. 
II. A mídia social criou uma camada adicional e uma nova dinâmica de interação e comunicação. 
III. As mídias sociais criaram um novo cenário, onde as sociedades abertas têm que estar vigilantes sobre os princípios que valorizam: acesso à informação, não discriminação, competição justa e liberdade de expressão.
IV. As principais vantagens são a falta de confiabilidade – sejam notícias internacionais falsas ou a pressa para publicar antes de verificar – e a comunicação fechada entre grupos com a mesma ideologia sem uma verificação jornalística real.