Fazer questões

Questões por página: Imprimir
Imprensa amarela ou imprensa marrom são denominações para indicar: 
Em rádio, é possível organizar um momento dinâmico, ágil e polêmico, com alguns participantes, organizando-se: 
No dia 3 de maio, o portal Globo.com, assim como Folha.com, registraram a morte da vidente conhecida como “Mãe Dinah”. A senhora de 83 anos ficou conhecida na década de 1990 porque previu a morte dos integrantes de uma banda brasileira. A notícia da morte de Mãe Dinah, pelo fato de ela não ter tido outro destaque após quase 20 anos, pode ser considerada como:
Em telejornalismo, “cabeça” é: 
O jornalismo científico é aquele que informa, complementa e atualiza conhecimentos sobre ciência e tecnologia. A fonte são cientistas e pesquisadores e o material, as dissertações, teses e artigos científicos. Nesse sentido, qual a funcionalidade de um texto de informação jornalística científica? 
De acordo com Lage (2002), 

“Poucas matérias jornalísticas originam-se integralmente da observação direta. A maioria contém informações fornecidas por instituições ou personagens que testemunham ou participam de eventos de interesse público. São o que se chama de fonte”. Contudo, fontes podem mentir. Paul Grice elaborou a série máximas (as máximas de Grice) que se baseia no procedimento padrão de pessoas envolvidas numa conversa em boa-fé, ou seja, que não estão mentindo. 

A Máxima da qualidade, de acordo com o pensamento de Grice, aborda: 
Diz Garcia (1977, p. 152-3): 

“Essa imprecisão do sentido das palavras, que torna difícil ou às vezes impossível a compreensão entre os homens, decorre principalmente da falta de um referente concreto, pois ‘somente o mundo objetivo é que dá à linguagem significação específica’, como diz P. Currey (1959, p. 24), que acrescenta ainda o testemunho de Roger Frys: ‘o significado decorre do completo contato que a inteligência faz com as coisas’. 

Ao destacar a necessidade de precisão das palavras, Garcia (1977) está enfatizando o problema do (a): 
A revisão de textos apresenta dois tipos de revisão: a de originais e a de prova. A revisão de originais restringe-se a: 
A telecomunicação, de acordo com Código Brasileiro de Telecomunicações, prevê como sua finalidade o serviço de transmissão, emissão ou recepção de símbolos, caracteres, sinais, escritos, sons, informações de qualquer natureza. Além disso, o serviço de telecomunicação pode ser especial, relativo a serviços de interesse geral, a não aberto à correspondência pública. 

São considerados serviços de telecomunicação especial, exceto: 
Diz Medida (1990, p. 65): 

“Começa-se por um lead [...] que responde às principais perguntas sobre o fato social selecionado como pauta, prossegue-se, linearmente, no desenvolvimento dos detalhes, acumulando declarações a propósito de cada um desses dados, acaba-se a matéria pelas informações secundárias”. 

A descrição da linha de montagem do texto noticioso refere-se à: