Fazer questões

Foram encontradas 1104 questões

Questões por página: Imprimir
31
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

Na execução das ações de comunicação de governo, a sobriedade e a transparência dos procedimentos deverão ser contemplados, bem como a eficiência e a racionalidade na aplicação dos recursos, a adequação das mensagens ao universo cultural dos segmentos de público com os quais se pretenda comunicar, a diversidade étnica nacional, a regionalização da comunicação e a avaliação sistemática dos resultados

32
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

As marcas são uma maneira rápida de comunicar dados críticos ao mercado e influenciar decisões. Em meio a uma infinidade de indústrias orientadas ao consumidor, as marcas são um meio importante de diferenciar e de ganhar vantagem competitiva, embora sejam mais influentes quando os clientes não dispõem de dados para fazer uma escolha informada do produto e(ou) quando a diferenciação entre as versões que os concorrentes oferecem do mesmo produto são pequenas ou inexistentes. Além disso, as marcas assumem mais relevância quando os consumidores dão grande importância à decisão que estão tomando. Booz-Allen e Hamilton. In: Des Dearlove e Stuart Crainer. O livro definitivo das marcas. São Paulo: Makron, 2000, p. XVII (com adaptações). 

No que se refere ao assunto abordado no texto acima, julgue os itens que se seguem. 

Comunidades virtuais organizadas e mantidas por empresas são estratégias eficazes para se aproximar e criar vínculos com os consumidores que possuem acesso à Internet.
33
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

As marcas são uma maneira rápida de comunicar dados críticos ao mercado e influenciar decisões. Em meio a uma infinidade de indústrias orientadas ao consumidor, as marcas são um meio importante de diferenciar e de ganhar vantagem competitiva, embora sejam mais influentes quando os clientes não dispõem de dados para fazer uma escolha informada do produto e(ou) quando a diferenciação entre as versões que os concorrentes oferecem do mesmo produto são pequenas ou inexistentes. Além disso, as marcas assumem mais relevância quando os consumidores dão grande importância à decisão que estão tomando. Booz-Allen e Hamilton. In: Des Dearlove e Stuart Crainer. O livro definitivo das marcas. São Paulo: Makron, 2000, p. XVII (com adaptações). 

No que se refere ao assunto abordado no texto acima, julgue os itens que se seguem. 

Considerando a velocidade das mudanças no mundo moderno, as marcas devem ser completamente remodeladas a cada dois anos, para que reflitam sempre a atualidade e os compromissos da organização com seus públicos.
34
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

Grande parte das mensagens que as entidades liberam não é planejada pela organização. (...) O esforço da comunicação integrada consiste em diminuir essa autonomia. Procura aumentar o controle sobre essa comunicação espontânea, involuntária e rebelde. A forma de fazer isto é policiando os elementos da identidade institucional, elementos estes que atuam como emissores, alguns até como se fossem rádios-piratas. Roberto de Castro Neves. Comunicação empresarial integrada, p. 159 (com adaptações). 

Tendo por referência o texto acima, julgue os itens a seguir. 

Os centros de atendimento aos públicos de uma empresa podem se constituir no fulcro das programações de relacionamento das instituições.
35
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

Grande parte das mensagens que as entidades liberam não é planejada pela organização. (...) O esforço da comunicação integrada consiste em diminuir essa autonomia. Procura aumentar o controle sobre essa comunicação espontânea, involuntária e rebelde. A forma de fazer isto é policiando os elementos da identidade institucional, elementos estes que atuam como emissores, alguns até como se fossem rádios-piratas. Roberto de Castro Neves. Comunicação empresarial integrada, p. 159 (com adaptações). 

Tendo por referência o texto acima, julgue os itens a seguir. 

A visita dirigida, pelo fato de aproximar os públicos, é um veículo bem apropriado para o trabalho de relacionamento. 
36
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

O negócio da comunicação ficou muito mais complexo. Hoje inclui uma área de diagnóstico, na qual se descobre por que os planos de marketing fracassam. Extraído da entrevista com Júlio Ribeiro, presidente do Grupo Talent: Mais do que publicidade. Management, n.º 28, set-out./2001 p. 16 (com adaptações). 

Considerando o fragmento de texto acima, julgue o item a seguir. 

Segundo Júlio Ribeiro, é por meio da realização do diagnóstico que a empresa toma conhecimento de que existem problemas de comunicação ou de áreas afins.

37
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

Um diagnóstico constitui-se de levantamento de dados, das auditorias de opinião e de comunicação e da pesquisa institucional, questionando e avaliando todos os pontos levantados, internos e externos da empresa.

38
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional

Denomina-se diagnóstico institucional a primeira fase do briefing realizado pelo profissional de comunicação em uma empresa.

39
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional
Nos bastidores da empresa não faltam relatos dramáticos das reações dos funcionários. Cenas de choro, desânimo, tristeza, medo e ansiedade relatadas por funcionários e gerentes. O prazo curto para adesão praticamente inviabilizou reações organizadas. Os sindicatos não conseguiam sair da dúvida se atacavam o plano e inviabilizavam sua implementação ou se o aceitavam e buscavam extrair mais vantagens para os funcionários. O ambiente interno, atônito, não oferecia opções para manifestações, greves ou outra forma de pressão. Os sindicatos e os funcionários contrários ao plano passaram então a relatar à imprensa e à classe política as mazelas do funcionalismo. Notas sobre suicídios supostamente motivados por pressões e relatos de perseguições internas começaram a aparecer na grande imprensa. O país acompanhava, atento, ao que se passava em uma de suas mais tradicionais organizações. João José Azevedo Curvello. Comunicação interna e cultura organizacional. São Paulo: Scortecci, 2002, p. 100 (com adaptações)

Com relação ao assunto abordado no texto acima, julgue os itens a seguir. 

O endomarketing poderia ser utilizado no caso apresentado para manter o público externo informado do que acontece nos bastidores da organização, por meio de uma forte assessoria de comunicação institucional.
40
Prova: MEC
Ano: 2003    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Relações Públicas
Assunto: Comunicação Organizacional/ Institucional
Nos bastidores da empresa não faltam relatos dramáticos das reações dos funcionários. Cenas de choro, desânimo, tristeza, medo e ansiedade relatadas por funcionários e gerentes. O prazo curto para adesão praticamente inviabilizou reações organizadas. Os sindicatos não conseguiam sair da dúvida se atacavam o plano e inviabilizavam sua implementação ou se o aceitavam e buscavam extrair mais vantagens para os funcionários. O ambiente interno, atônito, não oferecia opções para manifestações, greves ou outra forma de pressão. Os sindicatos e os funcionários contrários ao plano passaram então a relatar à imprensa e à classe política as mazelas do funcionalismo. Notas sobre suicídios supostamente motivados por pressões e relatos de perseguições internas começaram a aparecer na grande imprensa. O país acompanhava, atento, ao que se passava em uma de suas mais tradicionais organizações. João José Azevedo Curvello. Comunicação interna e cultura organizacional. São Paulo: Scortecci, 2002, p. 100 (com adaptações)

Com relação ao assunto abordado no texto acima, julgue os itens a seguir. 

A situação apresentada demonstra que a organização possui sérios problemas internos. Uma das ferramentas para atuar no sentido de minimizar as conseqüências desses problemas é o marketing institucional.