Fazer questões

Questões por página: Imprimir

A utilização de ícones de navegação, tais como “Fale Conosco”, “Visita Guiada”, “Mapa do site” e ‘Busca”, assim como outros links em sites ou portais de empresas de comunicação e/ou assessorias de comunicação, é importante porque eles 

32
Prova: Fundação Universidade de Brasília
Ano: 2013    Banca: CESPE    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Novas Tecnologias
Assunto: Internet e Intranet

A implementação de ferramentas de comunicação online em uma organização deve estar em sintonia com a cultura organizacional. Dependendo da organização, o tradicional jornal mural pode ser mais efetivo que uma conta no Twitter ou uma página de intranet.

33

Ao definir a arquitetura a ser adotada em um portal corporativo, o profissional de comunicação deve levar em conta os interesses dos diferentes públicos que se relacionam com a organização. 

34


O blogue, que é uma versão evoluída das páginas pessoais na Internet, traz como inovação os posts datados — apresentados em ordem cronologicamente invertida — e proporciona maior interatividade entre os usuários.

35


Criados a partir do final dos anos 90, os blogues introduziram a cultura de participação na Internet, permitindo, por exemplo, a publicação de comentários dos leitores. 

36


Ao utilizar o Twitter para divulgar uma notícia ou informação, o jornalista rompe com o esquema emissor-receptor, promovendo uma relação mais horizontal e democrática com a audiência.

37


Um dos efeitos negativos do uso de redes sociais na produção jornalística é a sedentarização do jornalista, que deixa de ir à rua e passa a fazer a cobertura a partir da redação.

38


As informações transmitidas e os conhecimentos adquiridos nas redes sociais também são resultantes do que é percebido pelos agentes de determinado círculo de comunicação em suas práticas, dentro do ambiente da sociedade em que essas redes se movimentam.

As redes sociais facilitam o compartilhamento de imagens e músicas entre particulares, por exemplo, mas, devido à limitação do número de caracteres permitidos a cada publicação, dificultam o compartilhamento de textos, o que favorece o uso do clássico release em papel no agendamento diário em órgãos públicos e empresas privadas.

O uso das redes sociais por repórteres amadores deu origem a uma nova categoria de difusor de notícias, o jornalista multimídia, que se caracteriza pela agilidade, autonomia e versatilidade, mas também pela superficialidade e falta de compromisso ético em relação aos órgãos de classe.