Fazer questões

Questões por página: Imprimir
A diagramação de uma página impressa tem como seu suporte fundamental o grid, princípio orientador do design gráfico que estabelece uma organização para a inserção dos elementos visuais em uma composição. No entanto, após muito tempo de predomínio da percepção do grid como um elemento ordenador e hierarquizador do espaço visual, a organização espontânea e os métodos orgânicos de composição têm conseguido espaço entre os profissionais criativos nas últimas décadas. Seja qual for sua vertente, o grid de um trabalho gráfico possui elementos básicos que o formam.

Entre esses elementos estão os marcadores, que podem ser definidos como:

Segundo Allen Hurlburt (1986, p. 8) "(...) não há palavra melhor que layout para sintetizar a ideia, a forma, o arranjo ou composição de uma página impressa". No entanto, tecnicamente o termo layout designa especificamente:

23
Prova: IBGE
Ano: 2017    Banca: FGV    Cargo: Produção Gráfica/ Editorial
Disciplina: Produção Gráfica
Assunto: Tipografia
Os primeiros impressos foram produzidos com tipos góticos. O desenho desses tipos foi determinado pela busca de Guttenberg em estabelecer semelhanças com os manuscritos que a tipografia pretendia substituir. Desde então tipógrafos, calígrafos e outros profissionais desenharam toda uma infinidade de tipos.

Sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:

I. É comum que fontes levem os nomes de seus criadores como Garamond, Frutiger, Zapf e Lubalin.

II. Max Miedinger é o desenhista da tipologia Helvética, que originalmente se chamava Neue Haas Grotesk.

III. A tipologia Univers foi criada por Adrian Frutiger e originalmente possuía 21 variações diferenciadas por um sistema de numeração.

IV. A Sabon é uma lapidária criada por Jan Tschichold na década de 1960.

Está correto o que se afirma em:

Classicamente existem quatro possibilidades de alinhamento com relação ao arranjo de colunas de texto. Apesar de já utilizado na tipografia clássica, por conta da facilitação da composição com os programas de editoração, tornou-se mais frequente atualmente o uso de textos que têm seu alinhamento determinado pelas bordas das imagens presentes na composição da página. Em todas essas possibilidades há defeitos que podem aparecer em função especificamente do tipo de alinhamento de texto empregado para a composição.

O aparecimento de grandes vazios entre as palavras é um defeito típico do seguinte tipo de alinhamento:

Atualmente é comum que os programas de diagramação de textos possuam corretores ortográficos, pois esses reduzem em muito os defeitos na composição. No entanto, são frequentes os erros nos quais a ação dos corretores automáticos é inócua e, por isso, a revisão de textos segue sendo uma atividade fundamental para uma boa edição de livros. Referindo-se aos erros de datilografia, mas igualmente válido para a revisão de originais eletrónicos, Emanuel Araújo identifica que o profissional de edição, quando faz a transcrição ou a revisão de um original, "ao defrontar-se com uma forma verbal, semântica, sintática ou lexical que lhe pareça insólita" (2000, p. 133) altera o original, muitas vezes interferindo no sentido da frase, num efeito de estilo ou em outros aspectos.

A citação acima refere-se a erros de:

Um erro comum na composição mecânica e que persistiu na composição eletrônica é o da supressão de parágrafos. Para assinalar tal erro, o correto é inserir uma marcação no texto e grafar na margem o sinal equivalente à inclusão de novo parágrafo.

Esses sinais possuem os seguintes formatos:

A norma ABNT NBR 6029, titulada "Informação e documentação - Livros e folhetos - Apresentação" normatiza a produção de livros e folhetos e diferencia as notas que podem ser lançadas em uma publicação.

A nota de rodapé é descrita nessa norma como aquela que:

Para o realce gráfico de uma palavra em um texto, o produtor editorial pode valer-se de uma série de recursos: cor, negrito, italização, versaletes ou a troca da fonte.

No último caso, o principal cuidado para que a palavra ganhe realce, mas o texto não perca fluência, é:


No design de livros, o profissional de editoração é quem determina as características dos textos impressos, utilizando sinais espaciais ou gráficos; uma vez pronto o trabalho, as características do texto impresso permanecerão fixas e servirão ao leitor como orientadores da leitura.

Sobre a hierarquia de itens, é correto afirmar que:

A obra de Emanuel Araújo A construção do livro é considerada a grande referência no campo da produção editorial publicada no Brasil.

Segundo esse autor canónico, a preparação de originais exige que o editor tenha atenção especial com um conjunto de fatores para que o texto final apresente principalmente: