Fazer questões

Questões por página: Imprimir

Na atualidade, o consumidor assume um papel exigente e requer novo posicionamento da organização quanto à divulgação de seus produtos e serviços, substituindo explicações para casos de desconsideração e desleixo por informações fidedignas a que o público tem direito.

1232
Prova: Ministério Público da União
Ano: 2010    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Publicidade e Propaganda
Assunto: Marketing

Considere que um determinado órgão público precisa valer-se da Internet como ferramenta de marketing para divulgar uma campanha de esclarecimento que possa ser acessada diretamente pelos cidadãos e facilmente reenviada. Nesse caso, o marketing digital, por não assegurar otimização de buscas e acesso para redes sociais, não é uma ferramenta adequada.

1233
Prova: Ministério Público da União
Ano: 2010    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Publicidade e Propaganda
Assunto: Marketing
Produto, praça, preço e promoção estão entre os Ps fundamentais de um composto.

1234
Prova: Ministério Público da União
Ano: 2010    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Publicidade e Propaganda
Assunto: Marketing

Caso determinada organização, especializada em advocacy, queira promover atitudes favoráveis a uma causa, uma alternativa é omerchandising social em telenovelas, solução já testada em numerosos cases.

briefing, resumo informativo preliminar ao planejamento e à criação publicitária, deve conter, de forma precisa e completa, clara e objetiva, todas as informações que referenciem a solução de uma demanda de comunicação.

briefing equivale ao portfólio de peças já criadas pela agência bem como de relatos de cases (soluções para problemas de comunicação) realizados para clientes anteriores.

Considere que uma rede de supermercados veicule, em um jornal de grande circulação, um anúncio divulgando a eliminação de determinada seleção da copa do mundo de futebol antes que o fato realmente tenha acontecido. Nesse caso, a responsabilidade pelo equívoco será, integralmente, do jornal.

Todo anúncio deve conter uma apresentação verdadeira do produto oferecido, isto é, todas as descrições, alegações e comparações que se relacionem com fatos ou dados objetivos devem ser comprobatórias, ainda que não caiba à agência produtora fornecer tais comprovações.

O Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária determina que todo anúncio deve ser criado com senso de responsabilidade social, ou seja, o profissional que o cria não deve acentuar, de forma depreciativa, diferenças sociais causadas por maior ou menor poder aquisitivo dos grupos a que se destina o anúncio.

O surgimento de consumidores mais questionadores, exigentes e transformadores das relações entre organização e usuário demandam das organizações a intensificação das inserções de publicidade na mídia, como ação estratégica para contrabalançar as possíveis queixas do público consumidor.