Fazer questões

Questões por página: Imprimir
1
Prova: Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco
Ano: 2014    Banca: FCC    Cargo: TV
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Telejornalismo

De acordo com os manuais de telejornalismo, é atribuição do produtor 

2
Prova: Ministério da Saúde
Ano: 2009    Banca: CESPE    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Redação Jornalística

O recurso à declaração textual no jornalismo impresso equivale ao uso de sonora em tevê ou rádio e, por isso, deve ser reservado a declarações de impacto, tanto por seu conteúdo como por seu caráter inusitado.

3
Prova: Defensoria Pública da União
Ano: 2010    Banca: CESPE    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Redação Jornalística

Assinale a opção correspondente às categorias cognitivas do jornalismo.

Para publicar em plataformas digitais, em que o espaço é ilimitado, os redatores não estão mais obrigados a seguir normas típicas constantes dos manuais de redação jornalística, como, por exemplo, o emprego de palavras curtas, conhecidas e precisas. 


O jornalista é responsável por toda informação que divulga, mesmo que seu trabalho seja alterado por terceiros. 

No âmago da segmentação do mercado está o conceito de que os telespectadores/ consumidores são, ao mesmo tempo, complexos e diferenciados demais para serem tratados como massa única, mas homogêneos o suficiente para serem classifica dos em pequenos grupos.

7
Prova: Superior Tribunal de Justiça
Ano: 2004    Banca: CESPE    Cargo: Comunicação Social
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Redação Jornalística

Na confecção de um texto jornalístico, o uso da técnica da pirâmide invertida se deve a, pelo menos, duas razões prioritárias. A mais importante é a de facilitar o trabalho do jornalista, que precisa escrever com rapidez um grande número de matérias; a segunda, a de facilitar a vida do editor. 

8
Prova: Agência Nacional de Telecomunicações
Ano: 2006    Banca: CESPE    Cargo: Jornalismo
Disciplina: Jornalismo
Assunto: Gêneros Jornalísticos

Para a entrevista pingue-pongue (também chamada de pergunta-e-resposta), o repórter precisa planejar os assuntos a serem tratados e formular perguntas com astúcia e inteligência. Nesse estilo de entrevista, algumas vezes a pergunta é mais importante e mais reveladora para o leitor do que a resposta, e o seu significado cresce se ela ficar sem resposta.

O gênero que expressa a opinião da empresa jornalística diante dos fatos de maior repercussão no momento é

O jornalista só é responsável pela informação que divulga quando esta não for alterada por terceiros.