Fazer questões

Questões por página: Imprimir
A indicação de plano americano significa que o repórter deve ser enquadrado com um corte na altura dos joelhos.
As notícias devem ser ordenadas e hierarquizadas conforme o seu grau de importância, iniciando-se a transmissão com a de maior impacto e se encerrando o boletim com matéria considerada leve.
Em boletins radiofônicos de notícias, as matérias devem ter a mesma duração, incluindo-se na contagem do tempo os comentários e as entrevistas referentes a elas.
A distinção entre matérias frias (soft news) e matérias quentes (hard news) é útil na administração dos fluxos redacional e industrial, orientando, por exemplo, a ordem de fechamento e impressão dos cadernos de um jornal.
Esquematiza-se a orientação da visão durante a leitura de uma página de jornal traçando-se uma seta entre a zona ótica primária (a borda superior direita) e a zona terminal (a borda inferior esquerda).
Ao se redigir um texto para um telejornal, deve-se considerar que a sua leitura requer respiração confortável, razão por que se deve evitar construí-lo com frases longas.
O fato de um telejornal ter como público-alvo a grande massa de pessoas não implica que, na comunicação com esse público, deva ser empregada linguagem próxima da utilizada pelas pessoas no dia a dia.
O texto redigido para ser publicado em um sítio eletrônico de notícias pode ser lido, sem prejuízo da sua compreensão, por um apresentador em um telejornal, visto que o sítio e o telejornal têm em comum o mesmo suporte, a tela, prevalecendo, nesse caso, o princípio de que o meio é a mensagem.
Um dos principais motivos para o surgimento da estruturação da notícia segundo o modelo da pirâmide invertida foi a precariedade das linhas telegráficas, que "caíam" seguidamente.
A criação do primeiro manual de estilo jornalístico no Brasil, em 1950, foi iniciativa do jornalista Pompeu de Sousa, que também introduziu no jornalismo brasileiro a técnica do lide.