D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "telejornalismo"

Redação Televisiva

O texto televisivo de ser conciso, objetivo e direto. Coloquial, claro e preciso; informativo, simples e pausado. Deve combinar informação visual com informação auditiva, sem prejuízo de uma ou outra. Texto e imagem são complementares e não excludentes; 

Utiliza-se o Tempo Verbal: Presente (o presidente viaja amanhã) e Futuro Composto  (o presidente vai viajar amanhã). 

Primeira Guerra Televisual

Na obra War and peace in the global village, McLuhan descreve o efeito da transmissão de imagens da guerra do Vietnã, considerada a primeira guerra televisual. O evento militar torna-se um acontecimento/espetáculo. Os cidadãos se transformam em plateia. Enquanto a Guerra do Vietnã foi a primeira guerra televisual, a primeira guerra transmitida ao vivo pela televisão para o mundo todo foi a Guerra do Golfo na década de 1990. A rede de TV norte-americana CNN transmitiu, ao vivo, os ataques dos Estados Unidos ao Oriente Médio. Contudo, dessa vez,  com os recursos de edição, apenas as “melhores” partes da guerra são transmitidas. 


Cross fade

O mesmo que fusão. Desaparecimento gradual de uma imagem, com aparecimento de outra, simultaneamente. Efeito de transição, produzido pela superposição de duas tomadas (uma em fade-in , outra em fade-out).

Closed caption

Também conhecida pela sigla CC ou legenda oculta, é um sistema de transmissão de legendas via sinal de televisão. Podem ser reproduzidas por um televisor que possua função para tal, e visa permitir que os deficientes auditivos possam acompanhar os programas transmitidos. As legendas ficam ocultas até que o usuário do aparelho acione a função na televisão através de um menu ou de uma tecla específica. A legenda oculta descreve além das falas dos atores ou apresentadores qualquer outro som presente na cena: palmas, passos, trovões, música, risos etc. As duas formas mais comuns de produção de legendas ocultas, ao vivo, são o por estenotipia informatizada e o de reconhecimento de fala.

Pós-Produção

Em televisão, é o processo no qual se faz a edição e a sonorização dos produtor previamente gravados (inclusive os efeitos especiais), para serem exibidos.

Produtor de TV

O Produtor de Televisão tem como sua função principal controlar todos os aspectos da produção de um programa de televisão, desde o desenvolvimento de sua ideia original e da contratação do elenco até a supervisão das filmagens e a checagem dos fatos. Ele organiza todo trabalho prévio para a realização do telejornal. É responsável direto pela qualidade do programa e pela sua duração no ar, com maior ou menor intensidade. Auxiliam na produção das pautas e/ou reportagens na rua, como marcação e captação de entrevistas, levantamento de fontes e informações. Subordinado ao chefe de reportagem.

Newscast

Consiste em uma cobertura televisiva de várias notícias e outras informações, produzida ou localmente por uma emissora, ou por uma rede. Pode também incluir material adicional como notícias de esportes, previsão do tempo, boletins de trânsito, comentários e outros assuntos.

Telejornal

Telejornais são programas que duram entre segundos e horas e divulgam notícias dos mais variados tipos, utilizando imagens, sons e narração por um apresentador (âncora). Cabe ao âncora narrar, anunciar ou comentar as notícias que serão exibidas, ou chamar repórteres que entram ao vivo na programação. Os canais de televisão podem apresentar telejornais como parte da programação normal transmitida diariamente ou mais freqüentemente, em horários fixos. Às vezes, outros programas podem ser interrompidos por plantões de notícias (news flashes) em casos muito importantes e urgentes

Videorreportagem

Formato jornalístico alternativo no qual um único profissional (videorrepórter ou videojornalista) executa todos os processos, da operação da câmera até a edição do vídeo - filmagem, entrevista, edição etc. Neste formato, o repórter faz improvisos e dirige o próprio trabalho do começo ao fim.

Nota coberta

Nota cuja a cabeça é lida pelo apresentador e o texto seguinte é coberto com imagens. Esta nota pode ser gravada ou ao vivo.

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro