D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "novas tecnologias"

Projeto Facebook para Jornalismo

O Projeto Facebook para Jornalismo foi lançado em 2017 com o objetivo de criar laços mais fortes entre a rede social e a indústria de notícias.  É uma plataforma de curadoria que busca e organiza as notícias. A ferramenta foi projetada para ajudar jornalistas da grande mídia e profissionais afins na finalização da coleta, ordenamento e edição das notícias. A plataforma foi planejada para uso exclusivo de páginas verificadas e profissionais reconhecidos da imprensa. A ferramenta do Facebook foi desenhada para ser o suporte da atividade de finalização da coleta de dados dentro da rede. Ela serve muito bem para acabamento e finalização de reportagens. Ou pós-edição.

Não linearidade

Em hipermídia, a não-linearidade é pressuposto fundamental do hipertexto. Ela ocorre quando há multiplas ligações entre blocos informativos e há liberdade total de navegação. A hipermídia é a fusão várias mídias a partir desses elementos não-lineares. A forma mais comum de Hipermídia é o Hipertexto, no qual a informação é apresentada sob a forma de texto interativo. O usuário é capaz de ler de forma não linear, ou seja, ele escolhe entre o início, o meio ou o fim do conteúdo. Não linear refere-se a todas as estruturas que não apresentam um único sentido. Estrutura que apresenta múltiplos caminhos e destinos, desencadeando em múltiplos finais. Em Teoria Geral dos Sistemas diz-se que a não-linearidade é pressuposto de Sistemas Complexos e sua intricada rede leva a caminhos distintos e inimagináveis até mesmo para os criadores do sistema. Isto ocorre devidas interações entre dados e conexões que se tornam cada vez mais complexas, e estas geram realimentações que por sua vez realimentam o sistema tornando-o autorregulador. 

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro