D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "Relações Públicas"

Institucional

Mensagem que objetiva promover uma imagem favorável referente a determinada marca, empresa, instituição, órgão público ou privado.

Mídia Espontânea

É o aproveitamento, por algum veículo de comunicação, de texto divulgado pela assessoria de imprensa (relise) em matéria ou notas publicadas. Vem também da solicitação, pelo veículo, de agendamento de entrevistas e publicação posterior de informações, de forma gratuita.


Identidade Corporativa

A identidade corporativa/ organizacional refere-se aos valores básicos e às características atribuídas às organizações pelos seus públicos internos e externos, uma manifestação tangível da personalidade da organização.

Lobby

Quem pratica o lobby usualmente é chamado de lobista, grupo de interesse ou grupo de pressão. Esses grupos surgem pelas mais diversificadas motivações: econômicas, políticas, interesses de classe etc. A ação do lobista pode trazer benefícios para o tomador de decisões, pois várias vezes se trata de uma representação técnica e especializada. 

Mailing List

Mailing ou cadastro de jornalistas é uma lista de jornalistas e veículos de interesse da assessoria. Contém dados como o nome do veículo, endereço, número de telefone ou fax, e-mail, lista de diretores, proprietários, editores, repórteres, chefes de reportagem, pauteiros, setoristas e, datas, horários, peculiaridades, nome dos produtores e apresentadores de cada programa. A mailing list deve estar sempre atualizada.

Checklist

Relação completa e detalhada de providências que devem ser tomadas periodicamente para o acompanhamento das atividades do cliente.

Clipping

1. Taxação, clipping, clipagem ou clipar é o processo de selecionar (recortar) notícias em jornais, revistas, sites e outros meios de comunicação para selecionar matérias sobre a instituição, ou que possa interessar a ela. Serve também como aferição do retorno de imagem que é um trabalho realizado pelas assessorias de imprensa das empresas e do governo, ou seja, é uma forma de prestação de contas, porque mostra o resultado do trabalho de divulgação. O clipping possui também as formas audiovisual, eletrônica e digital. 

Comunicação Descendente

A comunicação descendente liga-se ao processo de informações da cúpula diretiva da organização para os subordinados, isto é, a comunicação de cima para baixo, traduzindo a filosofia, as normas e as diretrizes dessa mesma organização.

Comunicação Dirigida

Conjunto de mensagens transmitidas pela instituição a públicos específicos, como por exemplo, público interno ou determinado segmento do público externo. As comunicações dirigidas buscam o estabelecimento da comunicação limitada, orientada e frequente com um selecionado número de pessoas homogêneas e conhecidas.

Comunicação Integrada

A comunicação integrada está presente na maioria das organizações modernas. É caracterizada como a utilização de um conjunto de comunicações (interna, administrativa, mercadológica e Institucional) utilizada de forma conjugada. Os grupos da área de comunicação - agência de propaganda, assessorias de Relações Públicas e de Imprensa - formam departamentos especializados, que posteriormente juntam seus respectivos trabalhos com o intuito de desenvolver a comunicação integrada. Visa Agregar valor à sua marca ou de consolidar a sua imagem junto a públicos específicos ou à sociedade como um todo para a integração de suas atividades de comunicação, em função do fortalecimento de seu conceito institucional, mercadológico e corporativo junto a todos os seus públicos.

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro