D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

Propaganda

Segundo Rabaça e Barbosa, Propaganda é " comunicação persuasiva. Conjunto de atividades técnicas atividades de informação e de persuasão, destinadas a influenciar as opiniões, os sentimentos e atitudes do público num determinado sentido."

Position Paper

É um artigo em que de forma contextualizada e resumida posiciona-se a respeito de um tema ou questão. Para isso, deve-se fornecer ideias próprias e/ou argumentos para solucionar ou tratar um problema ou uma questão. Deve ser objetivo e simples, porém deve conter a devida contextualização da questão de forma a ser compreendido por pessoas que não sejam da área de conhecimento. Deve fornecer um panorama sobre a resposta que o autor está oferecendo para a questão. É um texto cuja abordagem pode ser usada para auxiliar a tomada de decisões importantes sobre um determinado assunto ou questão.

Pós-Pauta

Aquela que não é mais um guia de investigação dos fatos, mas de orientação do veículo sobre o que o repórter deve e o que não deve apurar.

Funções da Comunicação

Para Stephen Littlejohn  a comunicação pode melhorar o relacionamento entre as pessoas e facilitar nossas atividades pessoais e profissionais. Para Stephen, existem 8 Funções da Comunicação: Intercâmbio e transmissão de ideias, Esforço para compreender e ser compreendido pelos outros, Redução de incertezas, Conexão e vínculos entre as pessoas, Participação comum, Evocar lembranças, Estimular e responder aos estímulos alheios e Afetar alguém (poder de influenciar).

Processo de Marketing

O processo de marketing, ou processo de administração de marketing, é o processo de analisar as oportunidades do mercado, selecionar mercados-alvo, desenvolver mix de marketing e gerenciar o trabalho de marketing. Simpatia, especialização e confiabilidade são fatores que podem conferir credibilidade a uma fonte no processo de marketing. É por meio desse processo e suas etapas que as empresas conseguem conhecer seu público-alvo, o mercado e sua empresa, para entregarem a seus clientes produtos e serviços que satisfaçam seus desejos e necessidades.

Veículos Aproximativos

Os veículos aproximativos (veículos de comunicação dirigida aproximativa) "permitem estabelecer relações pessoais diretas entre a instituição e o público ou segmento de público." Entende-se por veículos aproximativos aqueles que permitem qualquer aproximação física entre os públicos e a instituição. Exemplos: congresso, convenções, reuniões de informação ou discussão; conferências, palestras, conversas, discursos, entrevistas, treinamentos; visitas, feiras, exposições; eventos; acontecimentos especiais, inaugurações, datas cívicas, comemorações.

Entrevista Ritual

É o relato de um entrevistado sobre algo que ele participou; inclui informações a que ele teve acesso e impressões subjetivas.

Entrevista Temática

Aborda um tema, consiste na exposição de versões ou interpretações de acontecimentos. Ajuda a compreender um problema, expõe um ponto de vista, reafirma a linha editorial com argumento de uma autoridade no assunto.

Entrevista Ritual

Geralmente é breve – o interesse é maior no personagem: o que ele tem a dizer ou é esperado (jogadores de futebol) ou é irrelevante ou é mera formalidade. Interessam os ritos (cerimoniais, trajes, cumprimentos, atitudes, falhas do protocolo, nuanças na fala diplomática = cordial X amistoso)

Entrevista em Profundidade

Técnica de pesquisa qualitativa que busca “compreender” e/ou “explicar” determinado fenômeno ou realidade são as grandes razões da sua utilização. Permite explorar um ou mais temas, com maior profundidade do que as entrevistas face to face comuns que visam quantificar, e as questões colocadas têm de seguir uma linha que permita esse fim (perguntas fechadas ou perguntas abertas ou semi-abertas) que possibilite uma codificação posterior.

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro