D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "redação jornalística"

Lide Citação

O lide citação (entre aspas) é aquele que anuncia o fato através do discurso direto.

Lide Relâmpago

O lide relâmpago (flash) é aquele que anuncia o fato de forma extremamente resumida.

Lide Suspense

O lide suspense (ou dramático) é aquele que visa provocar emoção em quem lê.

Lide Integral

Lide que relaciona todas as informações objetivas sobre o fato.

Corpo da Matéria

Todo o texto que vem abaixo da cabeça ou do lide. É a parte mais desenvolvida do textoSão os dados, números, é o aprofundamento do título e do lide-sublide  

Luiz Beltrão define o  como: "Sendo o corpo o arremate da narrativa, aqui vamos documentar as afirmativas feitas no primeiro parágrafo" (no lide); "vamos dar ao leitor uma melhor compreensão do acontecimento. Cada elemento básico da cabeça pede, no corpo, novos elementos que o noticiarista vai juntando em seções harmônicas, obedecendo à ordem de importância ou cronológica, de acordo com a natureza do assunto, o seu valor jornalístico, a técnica de redação utilizada, a ressonância que julga irá alcançar no espírito público e, naturalmente, o espaço de que dispõe para atender aos leitores mais meticulosos e que dedicam mais tempo à leitura".

Pirâmide Invertida

Técnica de redação na qual a disposição das informações é feita em ordem decrescente de importância. As informações mais importantes são posicionadas no primeiro parágrafo, o lide. Em seguida são colocada as de interesse intermediário e por fim as menos importantes. O termo pirâmide invertida é utilizado porque a base desta, aquilo que é noticiosamente mais importante, se encontra no topo. É utilizada para facilitar o ajuste da matéria no fechamento da edição, caso seja necessário cortar parágrafos, além de que, nela, o leitor pode interromper a leitura onde desejar.

Storyline

Um storyline é um resumo da história a ser transformada em roteiro, possui no máximo cinco linhas e contém apenas o conflito principal de sua história. Deve ser claro, direto e curto (cinco linhas); ter economia de adjetivos e uso dos verbos (no presente); ter a apresentação, desenvolvimento e solução do conflito principal.

Sublide

Sublide é o segundo parágrafo do texto jornalístico, resultado do desmembramento do lide. Contém as informações menos importantes do que as do lide e possui grande valor para a articulação do texto em relação ao corpo da notícia. É também um recurso de diagramação, para melhor situar a notícia dentro da página. O lide e sublide normalmente contém, entre três e cinco linhas cada, com média de 70 toques.

Intertítulo

(Entretítulo) Pequeno texto intercalado na matéria. É o título curto usado para destacar determinado assunto dentro da matéria jornalística (notícia, artigo, entrevista etc.)Ocorre normalmente no terceiro ou quarto parágrafo, entre a 20ª e a 25ª linha do texto, é negritado e tem até três palavras. É um recurso gráfico (visual) que visa tornar o texto mais atraente e mais fácil de se ler, além de dar movimento e leveza à diagramação. Ele ainda facilita a busca uma informação isolada.  

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro