D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "Teorias da Comunicação"

Dialogismo e Teoria da Enunciação

Dialogismo é o conceito central, elaborado por Mikhail Bakhtin, que estabelece a relação entre linguagem, sujeito e vida. O pensamento bakhtiniano (crítica ao objetivismo abstrato identificado com Saussure) é invocado pelas teorias da comunicação, pelas diferentes análises do texto e do discurso, pragmática, sociolinguística, linguística aplicada e outros. (click no título/link para ver a definição completa)

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Dicotomias Saussurianas

Ferdinand de Saussure foi um linguista suíço. Suas elaborações teóricas propiciaram o desenvolvimento da linguística como ciência autônoma. Saussure entendia a linguística como um ramo da ciência mais geral dos signos, que ele propôs fosse chamada de Semiologia. Seus conceitos serviram de base para o desenvolvimento do estruturalismo no século XX. As dicotomias saussurianas: Língua X Fala - Sincronia x diacronia; Sintagma vs. paradigma; Significante x significado


(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Disfunção Narcotizante

A exposição a grandes quantidades de informação pode provocar a disfunção narcotizante. Ou seja, o acúmulo de informação pode "narcotizar" o indivíduo em vez de estimulá-lo. Assim, o indivíduo é bombardeado pelos meios de comunicação, com mensagens de todo tipo, e confunde o fato de conhecer os problemas cotidianos com a prática de atuar sobre eles.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Dissonância Cognitiva

A Teoria da Dissonância Cognitiva foi publicada em 1957, por Leon Festiger. A Teoria de Festinger basea-se na premissa de que toda pessoa tenta manter um estado de consonância, ou seja, de consistência cognitiva. Toda pessoa tenta estabelecer uma coerência entre pensar e agir.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Domínio da Imagem

Há dois domínios da imagem: "O primeiro é o domínio das imagens como representações visuais: desenho, pintura, gravuras, fotografias e as imagens cinematográficas, televisivas, holo e infográficas pertencem a esse domínio. Imagens, nesse sentido, são objetos materiais, signos que representam o nosso ambiente visual. O segundo é o domínio imaterial das imagens na nossa mente. Neste domínio, imagens aparecem como visões, fantasias, imaginações, esquemas, modelos, ou, em geral, como representações mentais." Santaella e Nöth

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Efeito Túnel

Efeito dos mecanismos de busca e redes sociais que faz as pessoas só interagirem com pessoas parecidas que compartilham opiniões semelhantes. Para isso, empresas como Facebook e Google selecionam o conteúdo exposto no browser do usuário, mesmo sem ele estar loggado ou usando o computador próprio, fazendo uma pré-seleção do conteúdo baseado diversos fatores como localização e tipo de computador usado.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Eficácia de Agenda

Segundo Mauro Wolf, a eficácia de agenda está relacionada a eficácia da transmissão de uma informação. Há uma "maior eficácia da informação escrita em relação à televisiva, para confirmar necessidade de colocar questão de acordo com análise das modalidades específicas que cada mass media possui para provocar efeitos de agenda, McCombs defende uma eficácia temporalmente graduada e diferenciada dos vários mass media. Os jornais são os principais promotores da agenda do público. Definem amplamente âmbito do interesse público, mas os noticiários televisivos não são totalmente desprovidos de influência. 

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Eixo da Difusão Globalizada e da Apropriação Localizada

Tema tratado por J. B Thompson no livro Mídia e Modernidade, Uma Teoria Social da Mídia. Para o autor, a reordenação do espaço e do tempo provocada pelo desenvolvimento da mídia faz parte de um conjunto mais amplo de processos que transformaram (e ainda estão transformando) o mundo moderno”. A “difusão globalizada” e a “apropriação localizada”  – ou seja, a utilização local das matérias simbólicas globalizadas, criaram um novo eixo simbólico no mundo contemporâneo. 

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Elementos da Comunicação

A comunicação representa a transmissão de mensagens entre um emissor e um recepto e é associada à linguagem e interação.  É um elemento essencial da interação social humana. A comunicação somente será efetivada se o receptor decodificar a mensagem transmitida pelo emissor. Os elementos que compõem a comunicação são Canal de comunicação, Emissor, Receptor, Mensagem, Contexto, Código e Ruído.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Enquadramento Noticioso (framing)

Enquadrar significa selecionar alguns aspectos de uma realidade percebida e fazê-los mais saliente em um texto comunicativo, de forma a promover uma definição particular do problema, uma interpretação causal, uma avaliação moral e (ou) uma recomendação de tratamento para o item escrito. De modo geral, o enquadramento diz respeito à forma como uma dada situação é apresentada e interpretada para e pelo interlocutor, determinando assim a sua capacidade de, frente ao acontecimento.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)