D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "Radiojornalismo"

Microfone

Aparelho utilizado para captar o som. No telejornalismo, nas reportagens normalmente são utilizados direcionais e nos estúdio usa-se os de lapela.

Fundo

Música de fundo de matérias. É sinônimo de background, ou BG.

Estourar

Passar do tempo pré determinado para a duração do telejornal ou radiojornal. Diz-se Estourar o Som quando o áudio está acima do nível normal.

Produtor

O produtor jornalístico, subordinado ao chefe de reportagem, auxilia na produção das pautas e/ou reportagens na rua. Marca entrevistas e faz levantamento de fontes e informações. Coordena a preparação dos programas. Junto com um assistente-produção, orienta a reportagem na execução da pauta, faz roteiros, agenda entrevistas etc.

Caco

Palavra ou frase de improviso que o apresentador insere no texto de sua fala. Ocorre normalmente em transmissões ao vivo.

Ao Vivo

É a transmissão direta. Pode ocorrer em uma gravação externa ou no estúdio. É a transmissão de um acontecimento no mesmo momento em que ele ocorre. Para eventos externos, pode-se usar a UM (unidade móvel, caminhão de externa) ou a ENG (conjunto emissor simplificado, normalmente composto de uma câmera e uma unidade receptora-processadora montada na estação). Pode ser feito também via internet por streaming ou até pela rede social Facebook.

Escuta (rádio-escuta)

É o jornalista, subordinado ao chefe de reportagem, levanta informações por meio do monitoramento do noticiário de emissoras de rádio e TV, concorrentes e locais, nacionais e internacionais. Atua em plantões sucessivos, dia e noite. Costuma manter uma faixa de rádio ligada à polícia local e também liga para fontes em busca de novas notícias. O profissional que observa o noticiário de tv é chamado de tvescuta. O rádio-escuta pode atuar como repórter.

Na assessoria de comunicação é conhecido como Escuta, e é exclusivamente dedicado ao acompanhamento dos noticiários de rádio e televisão, para captar informações divulgadas a respeito do assessorado ou outros dados que possam interessar a ele.

Repórter

1. No radialismo, realiza matérias jornalísticas seguindo os princípios da mobilidade, agilidade e presença em todos os lugares. A matérias pode ser ao vivo e presente no local e fonte da notícia. O telefone é usado contantemente.

2. No telejornalismo, é o jornalista, subordinado ao chefe de reportagem, responsável por fazer as reportagens na rua. Ele apura e redige informações, além de entrevistar pessoas, grava passagens e faz off. Trabalha junto com equipe básica composta de motorista, auxiliar de cinegrafista, cinegrafista e os técnicos que operam a UPJ - Unidade Portátil de Jornalismo.

Stand by

1. Textos ou reportagens reserva, que podem ser publicados ou transmitidos em qualquer época. Também são conhecidos como textos de "gaveta" ou ainda, matéria fria.

2. Jornalista reserva, de plantão. Aquele que fica aguardando alguma incumbência.

Flash

1. (newsflash) O mesmo que boletim, nota breve. É uma notícia curta que antecipa um fato (ou fala sobre algo que aconteceu recentemente), o primeiro anúncio de um acontecimento importante, difundido em rádio, TV ou internet. Pode ser também o resumo da notícia gravada pelo repórter de rua. Tipo de lide sumário, comum na redação de rádio. Mensagem importante transmitida com brevidade, frequentemente em caráter de urgência.