D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

Abertura Ótica

Orifício frontal da câmera (diafragma) que limita a entrada de luz em um sistema de captação de imagens em câmeras de cinema, televisão e fotografia. É um sistema similar à pupila do olho humano, em forma de íris. Na fotografia, quanto maior a abertura do diafragma, menor é o tempo de exposição necessário, mas é menor também a profundidade de campo.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abertura (Rádio e TV)

1. É a principal notícia do telejornal ou programa de rádio. É apresentada no início do primeiro bloco. Nas aberturas gravadas inclui título e créditos principais. Ocorre também quando o repórter abre a matéria de telejornal ao vivo. Traz informações complementares à "cabeça da matéria" que é lida pelo locutor.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

ABNT

É o órgão brasileiro responsável por padrões em produtos. Abreviatura de Associação Brasileira de Normas Técnicas. 

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abordagem

"Modo de se focalizar um assunto, na cobertura jornalística. Foco, ângulo ou tratamento de um texto a respeito de um determinado tema. Mesmo em matérias informativas, que seguem critérios de objetividade, o ângulo a partir do qual se aborda uma questão pode levar a uma forma de focalizar e, portanto, interpretar algo". Rabaça e Barbosa

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abordagem dos Usos e Gratificações

A partir da Teoria Funcional foi desenvolvido o estudo com a ideia de uma "leitura negociada" na qual o receptor passa a ser agente na interpretação das mensagens midiáticas. As mensagens são desfrutadas e adaptadas à realidade do receptor, de acordo com sua motivações. A mensagem deve ter uma função, estando inclusive ligada ao contexto socioeconômico da audiência, sendo necessário suprir as necessidades do indivíduo. São elas: necessidade de integração em nível social, cognitivas, afetivas e estéticas e evasão.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abordagem Empírica de Campo

Abordagem Empírica de Campo (Efeitos Limitados) - Trata da Influência que flui nos relacionamentos comunitários. Two Step Flow Communication - destaca a importância dos formadores de opinião comunitários como construtores de opinião pública em pequena escala. É determinado pela mediação que os líderes de opinião desenvolvem entre a mídia e outros indivíduos do grupo.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abordagem Empírico Experimental

A abordagem Empírico Experimental  estudava a intervenção de fatores individuais e subjetivos (psicológicos), com fins persuasivos. Foram determinados diversos fatores ligados à audiência e a mensagem que prenderiam ou não o interesse do receptor sobre a mensagem, entre eles: Motivação, Exposição, Seletiva, Percepção Seletiva, Memorização Seletiva, Efeito Latente entre outras.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Above the line

Acima da linha. Refere-se à mídia ostensiva.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abre de Página

Abre de página (ou apenas 'abre'). Matéria diagramada na parte superior esquerda de uma página de jornal ou revista. 

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)

Abreviatura

Representação de uma palavra por meio de alguma(s) de suas sílabas ou letras.

(clique no título/link para ver a aula/definição completa)