D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "Produção Gráfica"

Bouffant

Usado principalmente para impressão de livros em tipografia, e para serviços de mimeografia. É comercializado pela revenda e diretamente às gráficas e editoras, principalmente nos formatos 87x114 cm., 66x96 cm., 76x112 cm., e 67x90 cm., de 63 a 110 g/m2.  (click no título/link para ver a definição completa)

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Pergaminho Vegetal

É um papel de fibras puras e grande resistência. Possui alta resistência a tração e a temperatura.. Possui aparência de nuvem apergaminada não ressecada, translúcido, Ph Neutro, grande versatilidade, ótimo para confecção de capa de volumes, certificados e diplomas, cartões de visita, menus, calendários, catálogos, edições de prestígio, etiquetas de moda, jóias e perfumaria... (click no título/link para ver a definição completa)

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Cartão Bristol

É o cartão de fabricado normalmente pela colagem de duas folhas de papel monolúcido. Muito comum em cartão de visitas e convites. É chamado também genericamente de cartão branco, ou cartolina branca. Fabricado em menor escala com uma folha só super-calandrada, sendo neste caso, menos rígido, menos encorpado e por isso, menos reputado. (click no título/link para ver a definição completa)

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Janela de Conteúdo

"abertura deixada pelo diagramador na composição, dr forma a torná-la mais arejada. Nessas janelas são inseridos intertítulos ou frases extraídas da matéria, compostas em corpo maior". Rabaça e Barbosa

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Processos de Impressão

Os processos de impressão são definidos basicamente, pela forma como ocorre a transferência dos elementos gráficos para o papel (base). Eles podem ser diretos ou indiretos:

  • Diretos: a transferência ocorre diretamente entre a matriz e o substrato e podemos destacar os sistemas de flexografia, rotogravura e serigrafia.
  • Indiretos: há a utilização de intermediários para a transferência, como no caso das impressões em offset, através das chapas.
(clicke no título/link para ver a definição completa)

Rotogravura

Impressão é direta pois não existe intermédio entre o papel e a imagem gravada no cilindro. Possui alta velocidade de impressão, possibilita frente verso e imprime todas as cores em apenas uma passagem. Karl Klic é considerado pai da Rotogravura. É dele o primeiro projeto (1860) de um equipamento rotativo de impressão a utilizar deste tipo de processo. Nesse processo, a impressão aplica quantidade de tintas em diferentes partes do impresso. Isso é possível graças à gravação de células em um cilindro revestido com cobre e cromo. 

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Produtor Gráfico

Elabora orçamentos em produção gráfica, PDV (ponto de venda), produção de eventos e mídia. Realiza orçamentos, contrata fornecedores e viabiliza projetos com foco em excelência na relação custo x benefício. Monitora a produção gráfica e instalação dos projetos. Confere pré-impressão, impressão e pós-impressão. O serviço do produtor gráfico, em uma agência, começa na criação das peças a serem impressas, uma vez que é esse profissional que avalia a viabilidade de impressão, expectativas dos clientes, aproveitamento de papéis e insumos, formatos, tipos de impressão, tipos de acabamentos etc.

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Folder

Palavra em inglês que significa folheto, brochura, flyer ou pasta. É um documento escrito que tem uma dobra (fold em inglês) e tem o objetivo de apresentar informações. Também designa uma pasta onde é possível guardar documentos (sentido que é também utilizado na informática).

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Retícula

Segundo Rabaça e Barbosa " rede de pontos geralmente diminutos, ou de traços formando quadrículos, linhas ou quaisquer padrões, regulares, traçada sobre vidro ou película transparente, que se usa em ofsete, autotipia e heliogravura, para reprodução de originais a meio-tom. Colocada entre o original e uma placa sensível, a retícula decompõe a imagem (foto ou desenho) em numerosos pontos de tamanhos variados que, embora impressos com a mesma intensidade de tinta, produzem, por ilusão de ótica, o efeito das tonalidades intermediárias (do claro ao escuro, através de uma escala de grisês).

(clicke no título/link para ver a definição completa)

Joelho

Na diagramação, o joelho  (dog leg, pata de cachorro, em inglês) é formado por colunas de matérias que terminam em alturas diferentes. Para se evitar joelhos, as matérias têm que caber em um retângulo, não em um polígono. Mesmo assim, até grandes jornais como New York Times ou Folha de São Paulo cometem joelhos.

(clicke no título/link para ver a definição completa)