D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

para a tag "Produção Gráfica"

Overlay

(sobrepor) - Folha de papel transparente ou translúcido, colocado sobre a arte com a finalidade de protegê-la ou para anotar indicações sobre o que deve ser executado. No Photoshop, trata do efeito de sobreposição de cores (overlay), que pode ser aplicado a imagens ou qualquer outro objeto. Consiste em colocar uma camada de cor sobre uma imagem ou a criar e manipular de camada de cor. Dentro das opções de cor de sobreposição, pode-se mudar a opacidade do preenchimento ou definir um efeito de mistura. 

CTP

Computer to Plate - Processo de pré-impressão ou imagens em offset que um layout digital ou arquivo de imagens é gerado diretamente em uma chapa de impressão, em vez de no filme. A maioria das editoras de livros e revistas agora utiliza esse sistema, mais eficiente e mais preciso do que o sistema Computer to Film (CTF).

Traço

Rabaça e Brabosa definem traço como qualquer figura impressa exclusivamente em traços e chapados, sem qualquer meio-tom, como num desenho a nanquim sobre fundo branco.

Cálculo de Texto

O cálculo de texto é uma importante ferramenta na diagramação. Se apresenta em duas formas: 1. Cálculo de texto para espaço determinado; 2. Cálculo de texto para espaço a determinar.

Papel Couché

Tipo de papel com alto brilho, alta brancura, alta opacidade e com sua superfície lisa e uniforme. É o papel de melhor qualidade de impressão, muito usado na impressão de folhetos, revistas, cartazes, livros de arte e outros impressos que exijam boa reprodução de retículas e traços. Quando o revestimento é aplicado em apenas um lado, chama-se couché L1. Se o revestimento é aplicado em ambos os lados, chama-se couché L2. O primeiro tipo é empregado em rótulos e embalagens, já o segundo é indicado para imprimir nos dois lados (livros, folhetos etc.). 

Moiré

Em artes gráficas e reprodução por impressão, há basicamente dois tipos de moiré: o moiré de scanner e o moiré de sobreposição de retículas.

  • Moiré de scanner - acontece quando os pontos de retícula são captados gerando padrões (rosáceas das retículas para gerar uma cor). Por isso deve-se digitalizar originais (fotos, cromos ou negativos) e não de impressos. Além de gerar texturas estranhas sobre a imagem, o moiré também pode alterar as cores originais e afetar a qualidade de impressão do seu material. 
  • Moiré de sobreposição - surge quando dois padrões de retícula – com frequência e/ou inclinações diferentes – são aplicados um sobre o outro, e os ângulos de retícula são configurados incorretamente. 


Paica

As unidades de medidas servem para determinar desde o tamanho do corpo, o tamanho dos caracteres até o tamanho das entrelinhas. Medida tipográfica correspondente a 12 pontos do sistema anglo-americano (aproximadamente 4,218 mm). A paica subdivide-se em 12 unidades de outra medida tipográfica, o ponto. 1 paica equivale a 12 pontos. Os tipos digitais, por sua vez, adotam a medida em paicas, mas fazem uma adaptação em relação à unidade. 

Grupo Família Romana Antiga

Segundo Collaro, o a família tipográfica Romana "foi criada pelos franceses, no século XVI, e inspirado na escrita monumental romana cravada a cinzel triangular sobre pedra ou bronze. É o mais legível dos caracteres por apresentar, na sua estrutura, um contraste entre as hastes, proporcionando ao leitor um descanso final. Suas serifas triangulares e a beleza de sua forma os tornam delicados e agradáveis à leitura".

Quadricomia

Técnica de impressão em quatro cores, que utiliza o sistema CMYK para reproduzir uma grande gama de cores a partir de cores básicas (ciano, magenta, amarelo e preto). Um impresso em quatro cores reproduz todo um espectro de cores a partir da decomposição de todas elas nas três cores primárias subtrativas mais o preto, ou seja, o ciano (C), magenta (M), amarelo (Y) e preto (K), daí o termo CMYK ou policromia. O tom específico e as características físicas de cada um dos pigmentos é tecnicamente definido, de modo que possam ser combinados e sobrepostos para reproduzir em cores realistas, fotos, desenhos em cores e gradientes cromáticos.

Meio-tom

Meio-tom é um método de impressão que simula os tons contínuos de uma imagem, imprimindo pontos de tinta de uma ou mais cores, variando o tamanho e/ou densidade dos pontos. Os pontos são impressos com um tamanho bem pequeno criando uma ilusão de ótica que mistura a cor do ponto com a cor do fundo. 

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro