D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

DPI

Imagens Vetoriais

Imagens vetoriais são criadas a partir de combinações matemáticas e geométricas entre a ligação de pontos e segmentos de linhas sobre um plano bidimensional. As Curvas de Bézier são usadas para a manipulação dos pontos de um desenho. Nele, cada linha descrita em um desenho vetorial possui nós, e cada nó possui alças para manipular o segmento de reta ligado a ele. Por serem baseados em vetores, esses gráficos geralmente são mais leves (ocupam menos espaço em mídias de armazenamento) e não perdem qualidade ao serem ampliados. Os formatos mais comuns de imagem vetorial são: SVG (W3C), CDR (Coreldraw), AI (Adobe Illustrator) e EPS (Encapsulated Post Script).

Adobe Flash

Adobe Flash é um software de gráfico vetorial que suporta imagens bitmap e vídeos. É utilizado para a criação de animações interativas. Possuem extensão ".swf" (Shockwave Flash File). Podem ser visualizados em uma página web usando um navegador com plug-in especial) ou através do Flash Player. Os arquivos feitos em Flash são utilizados para propaganda animada (banners) em páginas web e para jogos e apresentações dos mais variados tipos utilizando a tecnologia. Sites inteiros podem ser feitos em '.swf'. 

The Mean World Syndrome

Termo cunhado por George Gerbner para descrever um fenômeno pelo qual conteúdo relacionado a violência da mídia de massa faz com que os espectadores acreditem que o mundo é mais perigoso do que realmente é. Gerbner, um pesquisador pioneiro sobre os efeitos da televisão sobre a sociedade, argumentou que as pessoas que assistiram uma grande quantidade de televisão tende a pensar o mundo como um lugar intimidante e implacável.

ISO

O ISO trata da sensibilidade de um filme (quantidade de luz). Alguns filmes precisam de mais luz que outros pois em sua composição são menos sensíveis à luz. Nas câmeras analógicas, significa o quão sensível é o filme para determinada luz. Nas digitais mede a sensibilidade do sensor da câmera (e não do filme). 

Obturador

Dispositivo de câmera para controlar a duração da exposição da chapa sensível. É uma espécie de janela responsável por controlar o tempo de exposição do sensor à luz. Quanto mais tempo a janela fica aberta, mais luz incidirá sob o sensor. velocidade do obturador é o tempo em que o obturador fica aberto. Esse tempo de velocidade é medida em segundos ou frações de segundos e obedece uma sequência determinada, comum em todas as câmeras fotográficas, analógicas ou digitais.  

Sensacionalismo

Divulgação de um assunto com excessivo destaque e em certos casos explorando baixas paixões, mentindo nos títulos e revelando fatos da vida privada de alguém. Dar importância a noticiário que realmente não merece." Erbolato

O sensacionalismo é um tipo de viés editorial na mídia em massa em que os eventos e temas em notícias e partes são mais exageradas para aumentar os números de audiência ou de leitores. Pode incluir relatórios sobre assuntos geralmente insignificantes e eventos que não influenciam a sociedade em geral e apresentações tendenciosas de temas de interesse jornalístico de uma forma trivial ou tabloide.

Declaração Universal dos Direitos Humanos

O artigo 19 prevê: Todo ser humano tem direito à liberdade de opinião e expressão; esse direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras.

Comunicado

Mensagem fornecida à imprensa, em nota escrita, por órgão oficial ou empresa particular, dando a sua versão a respeito de um fato de importância, ligado às suas atividades e que deve ser divulgado junto com matéria referente ao assunto.

Fluxo de Informação

O conceito de Fluxo de Informação, no entanto, é também utilizado por outros três campos diferentes de conhecimento: Semiótica - considera a influência dos fluxos na construção do discurso; Teoria da Informação - influenciada por modelos matemáticos e de informática; e Teoria da Comunicação - identifica tais fluxos com a organização geopolítica e geocultural do mundo. 

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro