D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

Frisar

Efeito de congelamento de uma imagem.

Furo

Matéria jornalística exclusiva de um veículo que gera repercussão. Assunto inédito de grande interesse transmitido em primeira mão.

Fotolito

Filme gráfico negativo usado para queimar a chapa.

Fusão

Recurso de edição.  É o processo de mesclagem de duas fontes diferentes de vídeo e áudio. Nele, ocorre o desaparecimento e aparecimento simultâneo da imagem, que chegam a ficar sobrepostas. Usada em matérias mais elaboradas.

FTP

File Transfer Protocol. Protocolo de rede utilizado por usuários autorizados para ter acesso a um disco rígido ou servidor de arquivos remotos para fazer downloads e uploads.

Ganhar na Foto

Diminuir a foto na altura ou largura de maneira a ganhar mais texto. O corte não é proporcional. 

Host

Computador que permite aos usuários se comunicarem com outros computadores host na rede.

Gancho

Informação que pode gerar uma notícia ou uma reportagem. É um fato que se ligue, que dê margem a outro, que sirva de ponte, de gancho, para a notícia. Uma matéria sem gancho é uma matéria fria. O gancho não se confunde com suíte, que é o desdobramento do mesmo assunto. É quase sempre o lead da matéria.

Gatekeeper

Gatekeeper (guardião do portão) o responsável por definir os atributos de relevância em uma redação jornalística. É aquele  que seleciona, escolhe, decide seja na redação ou na hora de redigir o texto, os fatos que virarão notícia. O gatekeeping é uma das teorias do jornalismo estudada por David Manning White em 1950. Nela foram analisados o comportamento dos profissionais da comunicação, investigando os critérios utilizados para se divulgar ou não uma notícia. 

Gerenciamento de Crises

Não há regras claras para administrar situações de crise. Contudo, existem referências básicas a serem seguidas no sentido de evitar ou minimizar os efeitos maléficos da divulgação de fatos negativos, fazendo o possível para corrigir os erros e fornecer os esclarecimentos necessários. O devido preparo para tais situações contribui para uma performance melhor no relacionamento com os vários públicos envolvidos e também para uma diminuição das possibilidades de ocorrência de problemas.