D.com - Dicionário de comunicação social

Nosso Dicionário de Comunicação Social On-Line - D.Com tem a finalidade de acumular todas as terminologias úteis e jargões das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas e comunicação social, além de neologismos que surgiram com o advento da internet e das novas tecnologias. Por isso, está em constante atualização e aprimoramento.

Entrevista Coletiva

Entrevista concedida a vários órgãos de informação. Repórteres de jornal, rádios e TV participam simultaneamente da mesma entrevista. É um encontro geralmente provocado pelo assessor, que convoca todos os veículos de interesse para que busquem informações. O entrevistado recebe orientações do assessor de imprensa para responder devidamente às perguntas. 



Esfera Pública

É a dimensão onde os assuntos públicos são discutidos pelos atores públicos e privados. Esse processo forma a opinião pública que age como uma força da sociedade civil no sentido de pressionar os governos de acordo com seus anseios. Para Jürgen Habermas, a esfera pública corresponderia ao espaço social de representação pública, ou esfera de visibilidade pública. 

Enxugar

Tornar o texto mais conciso. Eliminar do texto adjetivos, opiniões informações irrelevantes e observações secundárias. Às vezes é preciso enxugar o texto para que ele caiba na página diagramada.

Espelho

É o cronograma, a ordem de entrada das matérias no telejornal. irá se desenrolar. Prevê a entrada de matérias, notas, blocos, chamadas, comerciais e encerramento do telejornal. É produzido pelo editor chefe e é distribuído  para todos envolvidos na produção do telejornal.

Estouro

Ocorre quando um texto é maior que o espaço reservado. O editor normalmente suprime dos textos as últimas linhas ou últimos parágrafos, sempre preservando o lide.

Expediente

Espaço onde são publicados os nomes de editores, endereços e telefones para contato com o jornal/revista.

Fait Divers

Fait divers é um jargão jornalístico que designa os assuntos não categorizáveis nas editorias tradicionais (política, cidade, polícia, economia, internacional etc) e que normalmente remetem a temas "leves" ou curiosos. Referem-se a fato inusitado, pitoresco. Em inglês, matérias de faits-divers são chamadas de features. Normalmente são acontecimentos trágicos, tais como crimes e acidentes, delitos descritos em poucas linhas. É muitas vezes relacionado a matérias sensacionalistas. Uma das principais características do fait divers é seu aspecto imanente, que faz dele uma informação total, ou seja, que pode ser compreendida sem a necessidade de um contexto. Segundo Roland Barthes, "não é preciso conhecer nada no mundo para consumir um fait divers; ele não remete formalmente a nada além dele próprio".

Extensão de Marca

É a pratica de comercializar toda uma linha de produtos sob a mesma marca, levando o consumidor a associar a marca de um produto principal aos produtos posteriormente introduzidos. É, também, uma nova oferta de produto que usa uma marca já existente. A utilidade deste tipo de estratégia reside na transferência das percepções do consumidor, a respeito de uma marca, para produtos lançados com a mesma marca.

Fade

Na edição de vídeo, é o efeito de escurecimento na tela. O fade in é o aparecimento e fade out, o desaparecimento gradual da imagem.

FAQ

Frequetly asked Questions - Respostas as perguntas mais frequentes. É muito utilizado em sítios web de comércio eletrônico e portais de notícias e deve ser publicado com destaque no site. Pode ser uma compilação de perguntas frequentes acerca de determinado tema; ou uma dessas perguntas frequentes. O nome surgiu na Usenet, numa tentativa de reduzir o número de perguntas semelhantes repetidamente colocadas. É considerado indelicado afixar perguntas já respondidas no FAQ.

Todos os direitos reservados (C) 2015 Comuniqueiro