Jornalismo Colaborativo

Jornalismo Colaborativo (Jornalismo Cidadão, Jornalismo Democrático, Jornalismo Open Source - código fonte aberto - Jornalismo em Rede, Jornalismo de Raiz, Jornalismo Amador, Jornalismo Participativo).  

Seu conceito é baseado em cidadãos leigos, sem formação jornalística, participando de forma ativa no processo de coleta, reportagem, análise ou disseminação de notícias e informações. Ocorre quando mais de uma pessoa contribui para a publicação de um texto ou ainda uma página que traga vídeos, sons e imagens de vários autores. 

O Jornalismo Colaborativo se desenvolveu vigorosamente a partir do advento das ferramentas de edição e publicação na internet (como wikis, blogs) e a popularização dos celulares equipados com câmeras digitais, além de outras novas tecnologias de informação e comunicação (NTICs). 

Com essas novas tecnologias, os cidadãos podem relatar notícias de última hora mais rapidamente do que os jornalistas de mídia tradicional. O que gera uma maior participação da audiência na produção de conteúdo, sobretudo na internet. Para esse tipo de jornalismo, deve haver um filtro da redação. 

Não deve ser confundido com Jornalismo Comunitário ou Jornalismo Cívico que caracteriza um jornalismo profissional voltado para o cidadão.