Gatekeeper

Gatekeeper (guardião do portão) o responsável por definir os atributos de relevância em uma redação jornalística. É aquele  que seleciona, escolhe, decide seja na redação ou na hora de redigir o texto, os fatos que virarão notícia. O gatekeeping é uma das teorias do jornalismo estudada por David Manning White em 1950. Nela foram analisados o comportamento dos profissionais da comunicação, investigando os critérios utilizados para se divulgar ou não uma notícia. A decisão de publicar algo ou não depende dos acertos e pareceres entre os profissionais, que estão subordinados a uma cultura de trabalho ou uma política empresarial e ainda aos critérios de noticiabilidade. E que normalmente exclui o contato com o público. A função do gatekeeper é normalmente do editor ou conselho editorial.