Estudos de Caso

Método qualitativo utilizado para entendermos a forma e os motivos que levaram a determinada decisão. Serve para compreender melhor os fenômenos individuais, os processos organizacionais e políticos da sociedade e tentar esclarecer decisões a serem tomadas. 

É um estudo empírico que busca determinar ou testar uma teoria, e tem como uma das fontes de informações mais importantes, as entrevistas nas quais o entrevistado expressa sua opinião sobre determinado assunto, utilizando suas próprias interpretações.

Os estudos de caso podem ser:

  • Exploratórios: serve para encontrar informações preliminares sobre o assunto estudado. Deve-se utilizar diferentes perspectivas, aumentando as chances de que o estudo seja um modelo exemplar. Ela estabelece critérios, métodos e técnicas para a elaboração de uma pesquisa e visa oferecer informações sobre o objeto desta e orientar a formulação de hipóteses.

A pesquisa exploratória visa à descoberta, o achado, a elucidação de fenômenos ou a explicação daqueles que não eram aceitos apesar de evidentes. A exploração representa, atualmente, um importante diferencial competitivo em termos de concorrência (Gonçalves, 2014).

  • Descritivos: Visa descrever o Estudo de Caso. Visa observar, registrar e analisar os fenômenos ou sistemas técnicos, sem, contudo, entrar no mérito dos conteúdos. Nela, realiza-se o estudo, a análise, o registro e a interpretação dos fatos do mundo físico sem a interferência do pesquisador. São exemplos de pesquisa descritiva as pesquisas mercadológicas e de opinião. Nesse tipo de pesquisa não pode haver interferência do pesquisador, que deverá apenas descobrir a frequência com que o fenômeno acontece ou como se estrutura e funciona um sistema, método, processo ou realidade operacional. É bastante solicitada por organizações como instituições educacionais, empresas comerciais, partidos políticos etc.

O processo descritivo visa à identificação, registro e análise das características, fatores ou variáveis que se relacionam com o fenômeno ou processo. Esse tipo de pesquisa pode ser entendida como um estudo de caso onde, após a coleta de dados, é realizada uma análise das relações entre as variáveis para uma posterior determinação do efeitos resultantes em uma empresa, sistema de produção ou produto (Perovano, 2014).

  • Explicativos (analíticos): Visa identificar os fatores que contribuem para a ocorrência dos fenômenos ou variáveis que afetam o processo. Explica o porquê das coisas. Ocorre quando se quer problematizar ou produzir novas teorias sobre determinado objeto e construir ou desenvolver novas teorias confrontadas com as teorias que já existiam. Ela registra fatos, analisa-os, interpreta-os e identifica suas causas. Essa prática visa ampliar generalizações, definir leis mais amplas, estruturar e definir modelos teóricos e gerar hipóteses ou ideias por força de dedução lógica.