Entrevista em Profundidade

Técnica de pesquisa qualitativa que busca “compreender” e/ou “explicar” determinado fenômeno ou realidade são as grandes razões da sua utilização. Permite explorar um ou mais temas, com maior profundidade do que as entrevistas face-to-face comuns que visam quantificar, e as questões colocadas têm de seguir uma linha que permita esse fim (perguntas fechadas ou perguntas abertas ou semi-abertas) que possibilite uma codificação posterior.

Na entrevista em profundidade, apesar de existir um guia de entrevista, ele não é fechado, podendo o entrevistador, de acordo com o desenrolar da conversa com o entrevistado, adaptá-lo.

As entrevistas em profundidade, como em todas as técnicas qualitativas, requerem experiência dos entrevistadores e analistas. Os entrevistadores podem gerir o fluxo da entrevista e as questões colocadas. E os analistas dão sentido aos dados recolhidos em informação estruturada. 

Vantagens

. Exploração a fundo de temas mais sensíveis e complexos;
. Muito úteis no estudo de temas sobre os quais não existe conhecimento prévio;
. Aprofundamento do conhecimento num determinado assunto específico;
. Utilização complementar pré e pós estudos quantitativos.