Acabamento

Na Produção Gráfica, é (arrematar ou dar o remate) a fase final de um trabalho gráfico após a sua impressão, incluindo os serviços de dobragem, corte, canteação, grampeamento, encadernação ou brochura, perfuração, aplicação de ilhós, envernizamentos ou platificação. Fase final na produção de um clichê (fresagem, retificação, montagem). 

  • Acabamento Acetinado (satin finish) - Tipo de acabamento que se dá ao papel em calandra, deixando a superfície com a textura do cetim. 
  • Acabamento de Máquina - Papel sem camada com acabamento liso mas sem brilho. Acabamento Fosco (matte finish) Tipo de acabamento que se dá ao papel cuchê, com nível de brilho inferior a 55%. 
  • Acabamento Gofrado (embossed finish) - Tipo de acabamento de papel caracterizado por apresentar alto ou baixo relevo, a fim de imitar madeira, couro, tecido ou outra textura, produzido por gofragem. 
  • Acabamento Supercalandrado (plate finish) - Tipo de acabamento que se dá ao papel para deixar sua superfície intensamente brilhante, obtido por pressão das folhas umedecidas com chapas metálicas polidas. 
  • Acabamento Vergê (laid finish) - Tipo de acabamento que se dá ao papel cuja textura é constituída de linhas paralelas uniformemente espaçadas, visíveis contra a luz. 
  • Acabamento-Linho (burlap finish) Tipo de acabamento que se dá ao papel lembrando a textura do tecido de estopa, produzido por prensagem do tecido intercalado às folhas de papel, entre placas metálicas, ou gofragem com rolos de calandra gravados com estampa imitando este tecido; (lawn finish) Tipo de acabamento que se dá ao papel, numa prensa de platina, empregando um tecido de linho, sendo o papel umedecido antes da prensagem, utilizado em artigos de papelaria; (linen finish) Tipo de acabamento que se dá ao papel, estampando-o com um padrão imitando a textura do tecido de linho, originalmente produzido por prensagem contra um tecido de linho, hoje realizado por gofragem.

No Jornalismo se refere a reler um texto ou revisá-lo, para dá-lo por concluído.

Em Telejornalismo trata dos acréscimos e recursos adicionados ao jornal ou programa noticioso para encaixá-lo no melhor padrão ou estilo da emissora. Entre eles: locuções em off, gráficos e inserções de arte, tratamento musical etc.