Manuel Castells e a Sociedade em Rede

Manuel Castells é um sociólogo espanhol e um dos estudiosos da comunicação contemporânea mais proeminentes. Sua obra mais importante é intitulada "A sociedade em rede", primeiro volume da trilogia Era da Informação. Durante os anos 1970, Castells participou no desenvolvimento da sociologia urbana Marxista. Nesse momento desenvolveu o conceito de "consumo coletivo" para compor um amplo alcance dos esforços sociais, deslocado do campo econômico para o campo político pela intervenção do Estado. (clique no título/link para ver a aula completa)

Estudos Culturais

Estudos Culturais (cultural studies) – Escola inglesa do fim dos anos 1950. Os estudos se basearam na abordagem estética e ética ligadas às práticas das culturas populares. Nela, os meios de comunicação sustentam e reproduzem a estabilidade cultural. Os meios de comunicação se relacionam com o sistema social, continuidade e transformação da cultura e o controle social. As pessoas são “produtores e “consumidores” de cultura ao mesmo tempo. É a única teoria que concebe o receptor ou destinatário da mensagem como agente crítico da cultura de massa(clique no título/link para ver a aula completa)

Dialogismo e Teoria da Enunciação

Dialogismo é o conceito central, elaborado por Mikhail Bakhtin, que estabelece a relação entre linguagem, sujeito e vida. O pensamento bakhtiniano (crítica ao objetivismo abstrato identificado com Saussure) é invocado pelas teorias da comunicação, pelas diferentes análises do texto e do discurso, pragmática, sociolinguística, linguística aplicada e outros.  (clique no título/link para ver a aula completa)

Pós-Modernidade

Teoria da Nova História

Teoria do Agir Comunicativo

Teoria Etnográfica

Teoria Instrumentalista

Teoria Gnóstica

Teoria Organizacional do Jornalismo