Teoria Hipodérmica

(...) as principais características da Teoria Hipodérmica: São estudos ancorados nas teorias da sociedade de massa, que viam a sociedade industrial do século XX como uma multidão onde os indivíduos estão isolados física e psicologicamente (não existem relações interpessoais, ou elas não são importantes no processo), e nas teorias behavioristas que entendiam a ação humana como resposta a uma estímulo externo"Araújo 

Corrente Funcionalista

A Teoria Funcionalista aborda globalmente os meios de comunicação de massa no seu conjunto. "(…) A questão de fundo já não são os efeitos, mas as funções exercidas pela comunicação de massa na sociedade". Wolf

Teoria Matemática da Comunicação

Muitas disciplinas científicas adotaram o modelo de análise da Teoria Matemática da Comunicação e o testaram em seus campos devido a sua funcionalidade e vasta aplicabilidade. Esta teoria buscava estabelecer a forma mais econômica, rápida e segura de codificar um mensagem, de modo a evitar que o ruído prejudicasse a recepção da comunicação pelo receptor." Teixeira de Melo 

Mass Communication Research

Corrente funcionalista que se originou nos estudos de Lasswell e se propagou nos de P. Lazarsfeld e R. Merton. O estrutural funcionalismo pensa o sistema social em sua globalidade, como um organismo cujas diferentes partes desempenham funções de integração e coesão para a manutenção do sistema. (...) Nessa Linha funcionalista norte-americana, a concepção dos meios e da cultura de massa toma a forma de algo instrumental, como ferramenta ou mecanismos de regulação da sociedade, construindo uma teoria que acabava por servir para a manutenção e reprodução dos valores do sistema social capitalista e do estado de coisas existente." Borelli e Pereira